Seja Médico Voluntário Descubra Como e Onde Atuar

Seja Médico Voluntário Descubra Como e Onde Atuar

Médicos sem Fronteiras e Cruz Vermelha são alguns dos possíveis programas para ser médico voluntário, a medicina é uma das profissões mais antigas da humanidade, além de também ser uma das mais bonitas.

Cuidar e curar pessoas exige grande responsabilidade, por isso a formação médica é tão extensa.

Uma parte bonita que também faz parte da profissão, são os trabalhos humanitários, onde os profissionais cuidam de pacientes menos favorecidos de forma voluntária.

No Brasil e ao redor do mundo existem uma série de programas com esse engajamento, que cuidam de comunidades carentes; sociedades afetadas por guerra, confrontos e desastres naturais; entre outras situações.

Os serviços são dados como missões, onde o médico voluntário é selecionado e enviado aos locais que necessitam deles.

Mas, você sabe como participar desses programas de voluntariado?

 

 

Médicos sem Fronteiras

A instituição seleciona participantes por intermédio de seu site, onde realiza uma triagem dos perfis cadastrados.

Os interessados, cadastram o currículo e uma carta de motivação, onde mostram porque tem vontade de atuar com o médico voluntário.

Essa triagem utilizada para análise é um mecanismo similar ao usado pela Cruz Vermelha, também para a convocação de voluntários para trabalho.

Os perfis que são selecionados nessa triagem, passam por entrevistas e atividades práticas, como forma de avaliação as competências e se estão aptos para as missões.

Um dos critérios cobrados pela instituição é de ter experiência profissional de, ao menos, dois anos e conhecimento em línguas.

Ter experiências de vida alinhadas ao trabalho do programa, entra como diferencial.

No Brasil, essa etapa ocorre no Rio de Janeiro e as provas procuram reproduzir algumas situações, normalmente estressantes.

A ideia é ver como o candidato irá durante uma missão, por isso as provas tentam se aproximar ao máximo dessas atividades.

Após essa etapa, o MSF consegue selecionar médico voluntário aptos.

Assim, se for aprovado, ele deverá aguardar por propostas para participar de missões.

Ao aceitar a proposta, ele deverá assinar um contrato de duração determinada, garantindo cobertura de necessidades básicas durante o trabalho – alimentação, transporte, moradia, algumas vacinas e o visto – além de um salário durante a realização da missão.

 

Cruz Vermelha

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) sempre recruta voluntários do mundo todo, incluindo brasileiro.

O processo de seleção exige, pelo menos, o inglês fluente do candidato.

A língua universal, é apenas um dos requisitos básicos para a atuação na instituição como médico voluntário.

A Cruz Vermelha é responsável pelo cuidado, principalmente, de civis que são afetados por doenças e conflitos, atuando em diversos países do mundo.

Há apenas quatro médicas brasileiras que trabalham com a instituição atualmente.

Assim como a MSF, o Comitê disponibiliza as vagas em seu site.

Ele está em português, mas os requisitos para cada um dos postos de trabalho estão disponíveis sem tradução, apenas na língua inglesa.

Ela dá preferência a profissionais com idade entre 25 a 35, que estejam formados nos cursos de medicina, enfermagem, administração voltado para hospitais e interpretes.

Eles também procuram por pessoas com experiência em áreas de segurança.

 

Gostou deste artigo? Então deixe o seu comentário aqui embaixo e veja outros conteúdos que provavelmente você irá gostar!

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL