banner desktop banner mobile

Entenda como Funciona o Intensivão Medcurso

Entenda como Funciona o Intensivão Medcurso

Você, que está buscando passar na prova de residência médica, já conhece o Medcurso concursos residência médica?

Bem, a Medgrupo é uma empresa brasileira que gerencia cursos livres e editoras, focadas, então, no treinamento de médicos e estudantes de medicina para diversos concursos na área médica.

No entanto, ela atua em todo o território brasileiro e, dessa maneira, apesar de dedicar atenção especial aos concursos de residência médica e revalidação de diploma, a medgrupo costuma receber no medcurso, anualmente, médicos que almejam reciclagem ou mesmo atualização e aprimoramento teórico em suas respectivas áreas.

O fundador e proprietário é, portanto, o médico Cassio Engel, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1993.

Dessa forma, com duas décadas de existência desde o seu primeiro curso (inaugurado em fevereiro de 1997), e com amplo leque de produtos e serviços – que vão de aulas presenciais tradicionais ao ensino à distância, além de uma vasta coleção de livros de especialidades médicas – o Medgrupo se consolidou no seu nicho de atuação com o medcurso.

Principais produtos

Dentre os seus produtos, destacam-se o Medcurso e o MED, plataformas de ensino extensivas anuais que, cursadas em sequência, formam, portanto, o “planejamento de estudos em dois anos”, principal recomendação acadêmica da empresa para os interessados em uma vaga de residência médica que contam com o auxilio do medgrupo para concursos.

Com trinta e sete mil alunos (contabilizados no ano de 2019) por período letivo anual, mais de 140 unidades e setecentos e cinquenta funcionários, o Medgrupo é, portanto, considerada, atualmente, a maior empresa de ensino médico do mundo.


Leia também: Conheça mais sobre o Medgrupo

O Intensivão Medcurso

Medcurso e Medgrupo

O Medcurso é um curso preparatório, da empresa Medgrupo, para as provas de residência médica, que são a principal porta de entrada para quem deseja se especializar em alguma área da medicina.

Em conformidade com o que já dissemos, o programa de estudos Medcurso é um dos produtos da Medgrupo, uma empresa privada de ensino focada em cursos preparatórios a exames médico.

Alguns programas que eles oferecem são o Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos), por exemplo.

Além disso, o Intensivão Medcurso é voltado para preparar o aluno na hora do exame de residência, que é considerado muito difícil tanto para os estudantes quanto por profissionais já formados.

Da mesma forma, como muitos passam a se dedicar ainda na faculdade, essa é uma opção viável para quem deseja uma vaga no programa de residência.


Leia também:


Roteiro de estudos residência médica


O Medcurso oferece flexibilidade

Outro ponto é que, por ser um curso intensivo, o Medcurso se torna flexível para quem não dispõe de muito tempo para se preparar.

Afinal o cursinho foi preparado de modo bastante detalhado, e está disponível há bastante tempo no mercado.

No caso, ele oferece material didático e conteúdo midiático, que ajuda aos candidatos no conteúdo das provas, de forma que os alunos podem ter acesso aos conteúdos e materiais na área restrita Medcurso.

No entanto, mesmo sendo famoso, alguns estudantes ainda não conhecem o Intensivão Medcurso e assim deixam de contar com mais essa forma de auxilio na hora de estudar para residência médica.

Entretanto, alguns alunos que fizeram Medcurso 2019 e não passaram na residência médica, podem acabar voltando para o Medcurso 2020, por exemplo.

Bem, já falamos sobre o que é o Medcurso, e como ele funciona, entretanto se quiser saber mais sobre o Medcurso, continue lendo esse arquivo e saiba mais sobre um dos cursos preparatórios mais procurados pelos estudantes.

Nesse artigo você vai saber mais sobre:
  • Como funciona o Medcurso
  • Por que fazer Intensivão Medcurso
  • Como estudar pelo Medcurso
  • O que aborda o curso preparatório Medcurso
  • Diferença entre os ciclos do curso preparatório Medcurso
  • Será que é realmente necessário fazer um cursinho preparatório?
  • Preparação além do conteúdo para Residência Médica

Leia também:


Por que fazer o Intensivão Medcurso?

Medcurso

Assim como os estudantes se dedicam arduamente para conseguir uma vaga na universidade, a residência médica exige o mesmo esforço para o ingresso no programa.

Devido a isso, foram criados os cursinhos preparatórios, bem próximos ao que muitos estudantes fizeram na época do vestibular.

Um deles é o Intensivão Medcurso, da equipe Medgrupo, que aborda o conteúdo que será cobrado na prova, sendo um auxílio para os futuros residentes que querem driblar a ampla concorrência do concurso.

Mas, por que participar desses cursinhos? A resposta para isso chega a ser obvia, mas muitos estudantes ainda se questionam se isso é realmente necessário.

Os cursos preparatórios são considerados a forma mais prática para estudar tudo que é necessário ao exame, que aborda as cinco grandes áreas da medicina.

Em geral, é um conteúdo muito vasto e a maioria dos candidatos se perde estudando sozinho.

Seja pela falta de tempo ou até mesmo por não saber o que realmente estudar, os cursinhos como o Medcurso se encaixam perfeitamente no que estes profissionais precisam no quesito conteúdo.

Lógico que é possível fazer o concurso sem necessitar do cursinho, mas sabendo da concorrência, que é tão ampla quanto no vestibular, porque então deixar de contar com esse recurso, se tiver condições para isso?


Leia também:


Entenda como funciona o Medcurso e o Intensivão Medcurso:

Como o Medcurso funciona

O curso intensivo Medcurso tem duração de 11 meses, sendo apenas um dos ciclos proposto pelo programa de ensino.

Além do Intensivão Medcurso, há ainda o MED, o segundo ciclo de preparação também com duração de 11 meses.

E nesse momento pode ocorrer a seguinte dúvida: “Qual é melhor MED ou Medcurso?”. 

A realidade é que existe pouca diferença entre os dois ciclos, mas em geral, ambos são igualmente elogiados e reconhecidos.

Em alguns estados, o Medcurso conta, inclusive com o curso preparatório em aulas presenciais, o que pode ajudar aqueles que ainda estão acostumados a estudar em um ambiente de sala de aula.

Contudo, o programa conta também com videoconferência para os locais onde não há o conteúdo presencial, além disso, estudantes que preferem estudar no seu próprio ritmo podem tirar proveito dessa modalidade.

Um ponto interessante e de destaque é que o curso apresenta um material com grande qualidade, de forma que tudo é apostilado, mesmo as aulas em videoconferência, sendo que os livros são didáticos.

Tendo assim acesso a plataforma Medcurso, o estudante pode ter na área restrita ilustrações gráficas em conjunto a textos, tabelas e exercícios ao final do material. 

Além disso, outro detalhe é que o Medcurso conta com alguns recursos como aplicativos para celular, por exemplo.


Leia também:


O que o curso preparatório do Intensivão Medcurso aborda?

Medcurso

O conteúdo do curso preparatório é voltado para o que os estudantes terão que resolver na prova de residência médica.

Isso quer dizer que eles terão aulas de acordo com as cinco grandes áreas da medicina, que são a base para o concurso.

Então como estudar com o Medcurso? Bem, por meio das apostilas, que trazem o conteúdo que normalmente é estudado durante a faculdade de medicina.

A ideia é que estes estudantes consigam relembrar o conteúdo e assim se preparar para o exame, de forma que os livros são organizados por doenças, abordando tudo de forma bastante detalhada e explicativa.

Mas, como acessar apostilas Medcurso? Por meio da plataforma online da empresa, na área restrita dos alunos.

As dúvidas e também um detalhamento maior do conteúdo nas apostilas também é oferecido.

O Medgrupo apesenta aos candidatos profissionais da área médica, com boas recomendações e especializados em determinadas áreas para as aulas.


Leia também:


Diferença entre os ciclos do curso preparatório

Medcurso

Como mencionado, o Medgrupo traz dois tipos de cursos intensivos, divididos por ciclo.

O foco, para ambos, é a preparação dos estudantes ou profissionais já formados em medicina para o programa de residência médica, mas a forma como são abordados os conteúdos são diferentes.

O med, que é o segundo ciclo oferecido pela empresa, também tem duração de 11 meses.

Mesmo abordando um conteúdo muito próximo ao Medcurso, a forma como são organizados é que diferencia a ambos os ciclos.

No intensivão Medcurso o conteúdo é voltado aos livros clássicos da medicina, com as cinco grandes áreas que são cobradas no concurso.

Assim, as apostilas trazem as doenças que cada um desses livros aborda normalmente.

Já o med é organizado pelas síndromes, como a cefaleia por exemplo.

Basicamente, é como se esse ciclo trouxesse uma vivencia real do que os médicos terão que lidar na profissão.

Isso porque o paciente não chegará dizendo que tem um termo técnico que apenas o médico conhece, mas sim um conteúdo comum.

Dificilmente alguém chegará dizendo que está com cefaleia, mas sim uma dor de cabeça.

O raciocínio do conteúdo no curso Med é considerado mais próximo a forma que as provas abordam essas questões do dia a dia.

Mas ambos os ciclos do curso têm conteúdo bem próximo, com detalhamento e bem estruturados, não deixando a desejar em nenhum ponto.

Muitos alunos relatam que o conteúdo é abordado como se eles nunca tivessem estudado medicina antes, trazendo muito mais detalhes e tornando as aulas completas.

No caso, o segundo ciclo tem um foco muito maior nas provas de residência, abordando muitas questões que, normalmente, costumam aparecer no concurso.


É realmente necessário fazer um cursinho preparatório?

Medcurso
Muitos estudantes ficam tão desesperados para a prova de residência médica, que a primeira coisa que fazem ao sair da faculdade de medicina é se matricular em um cursinho preparatório.

Eles acham que fazendo isso, estarão na frente dos outros candidatos e terão todo conteúdo necessário.

Dessa forma seus problemas estariam resolvidos. Mas não é bem assim que funciona.

Realmente existem cursinhos ótimos no mercado, como o intensivão medcurso que falamos, e outros que já citamos aqui no blog.

Mas o cursinho não te prepara de fato para a prova de residência médica.

O cursinho te dará todo conteúdo, mas de que esse conteúdo vai adiantar se você não souber estudar corretamente?

Você só estará jogando dinheiro fora.

A preparação para residência médica envolve muito mais que só ter o conteúdo.

O conteúdo é muito importante, mas você só irá tirar proveito dele, se souber como estudar.

Os cursinhos preparatórios são ótimos, mas são projetados para atender várias pessoas ao mesmo tempo, e ninguém aprende do mesmo jeito.

Já aconteceu de você pegar o resumo de um amigo para estudar para as provas, seu amigo foi muito bem, mas você não?

Isso acontece porque aquele era o método de estudos dele, não o seu.

Por isso, é fundamental que você tenha seu próprio método de estudos, e não deixe para última hora outros pontos importantes do preparo para as provas.



Preparação além do conteúdo para Residência Médica

A Residência Médica exige um preparo completo, visto que a concorrência nos processos seletivos supera a do vestibular.

Então vamos pensar, o que os candidatos tem em comum? Todos vão atrás do conteúdo, do mesmo conteúdo, a mesma forma de aprender.

Dessa forma, alguns vão absorver o conteúdo, e outros não.

É lógico que o conteúdo é essencial, afinal, sem ele, como você vai fazer a prova?

Mas, se você atolar sua mente de conteúdo, e estiver estudando errado, seu cérebro não vai absorver nada.

Você só perderá tempo e dinheiro, e essas são duas coisas que ninguém gosta de perder, não é?

Sendo assim, trouxemos algumas coisas que vão te impedir de perder tempo e dinheiro:

► Definir sua especialidade médica e TOP 3 dos hospitais

A definição da especialidade médica e do seu TOP 3 de hospitais, são a base para todo resto, por isso devem ser feitos o quanto antes.

Pois assim você conseguira ser mais assertivo na priorização do conteúdo para estudar e serão seu parâmetro para o preparo financeiro

► Preparo financeiro

As provas para residência médica tem taxas de inscrição bem mais altas que as dos demais vestibulares.

Por isso o planejamento financeiro é importante para que você consiga prestar todas as provas que deseja sem comprometer seu orçamento.

Uma dica é fazer um top 3 de hospitais que mais deseja prestar. Isso ajudará você a ser mais assertivo na hora de estudar, aumentará seu foco e fará com que você evite gastar dinheiro com provas que nem quer prestar tanto assim.

► Método personalizado de aprendizado

Cada pessoa é única. Sendo assim, cada um tem seu método de estudos. Ou seja, o que funcionou para seu amigo, pode não funcionar para você.

Por isso é importante fazer uma análise pessoal para conhecer qual é o seu método ideal de estudos.

Ai sim você poderá definir e montar seu cronograma personalizado de estudos.

Pense nos seguintes pontos:

Quanto tempo você tem disponível para estudar?
Quais matérias precisa dar maior foco?
Você tem um cronograma de estudos?
O que levar em consideração na hora de decidir se fará ou não um cursinho?

► Será que o cursinho preparatório vai funcionar para você?

Como já falamos, os cursinhos seguem uma mesma rotina de estudos que aplica a todos os estudantes, sendo assim todos seguem o mesmo cronograma.

Mas já falamos também que cada pessoa aprende de um jeito, já pensou se você escolher um cursinho que não se encaixa nos seus métodos de estudo?

Sendo assim, ele pode não funcionar pra você.

► E se o conteúdo do cursinho não for compatível com o seu perfil de estudos?

O conteúdo é essencial na preparação, isso é um fato, mas você sabe avaliar o conteúdo do cursinho que pretende fazer?

Pense no seguinte exemplo, se você não consegue se concentrar com muita gente conversando, então por que então vai fazer um cursinho presencial?

Ou ao contrário, se não tem disciplina para estudar sozinho, então por que vai fazer um cursinho online?

Faz sentido, não faz?

► Pense nos gastos com o cursinho

Os custos com o cursinho são altos, e quanto mais conhecido ele for, mais caro será.

Esse fator pode ser um problema, principalmente se você ainda estiver arcando com os custos da faculdade, ou viver da renda dos seus plantões.

Isso não significa que é um erro fazer um cursinho preparatório, muito pelo contrário, existem ótimos cursinhos.

A questão é que você corre o risco de não se adaptar a ele, e se isso acontecer, você perderá tempo e dinheiro, além de fazer com que você fique desmotivado.

Sendo assim, priorize métodos personalizados de estudo, eles suprirão suas necessidades.


Sob o mesmo ponto de vista, assista ao vídeo e descubra se você precisa ou não fazer cursinho para residência médica:

Ainda não sabe onde prestar residência médica ou qual é a especialidade certa para você? Confira então nossos programas de preparação para residência médica, eles certamente irão te ajudar, clique aqui e confira.

Contudo, se ainda estiver em dúvida sobre os programas, pode entrar em contato com nossa equipe de especialistas, eles  estão prontos para te ajudar em qualquer dúvida que tiver, clique aqui e fale com eles.

Por fim, um forte abraço, até a próxima.


Siga-nos nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube, Twitter, Linkedin

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL