banner desktop banner mobile

Cirurgia vascular, tudo que você precisa saber sobre essa área

Cirurgia vascular, tudo que você precisa saber sobre essa área

Conheça a subespecialidade de Cirurgia Vascular!

A princípio, a Cirurgia vascular é uma área muito ampla e requisitada por tantos outros especialistas. Mas será que você realmente sabe o que ela envolve?

O cirurgião vascular é um especialista altamente capacitado para tratar doenças presentes no nosso sistema vascular, desde o tratamento de varizes até aneurismas.

Dessa forma, seu trabalho é tratar sintomas e condições que possam atrapalhar a circulação de sangue em nosso corpo.

Mas talvez isso você já saiba sobre essa área.

Então, vamos nos aprofundar e conhecer mais sobre essa subespecialidade, assim como suas curiosidades.

Continue a leitura!

 

► O que o cirurgião vascular pode fazer?

Esse detalhe é muito interessante, porque o cirurgião vascular é capaz de fazer todo o tipo de procedimento.

Mas como assim “todo tipo de procedimento”?

Em resumo, algumas especialidades, os profissionais têm um foco em determinadas técnicas de intervenções vasculares.

Sendo assim, eles não tem um conhecimento abrangente sobre essas técnicas.

Por outro lado, os cirurgiões vasculares,  recebem uma formação mais ampla sobre essas técnicas, e de uma forma bem aprofundada.

Tornando-se, assim, gabaritados para realizar qualquer técnica de tratamento. Seja ela uma cirurgia aberta, ou então um procedimento endovascular menos invasivo.  

Visto que, para alguns, é necessária uma técnica cirúrgica, outros precisam de uma técnica alternativa e alguns, ainda, podem ser tratados sem cirurgia.

Com isso, fica evidente duas características desse profissional: a adaptabilidade e a humanização nos tratamentos, adequando cada tratamento para melhor atender o paciente.


► Relação médico paciente na cirurgia vascular

Poucas áreas proporcionam ao médico construir uma relação com o paciente como na cirurgia vascular.

Nas demais áreas, o que vemos é o paciente procurar o médico para tratar um problema específico, e ao final desse tratamento, a relação termina.

Por outro lado, o cirurgião vascular, pode ser um profissional que mantém o acompanhamento com seu paciente por muito mais tempo.

Essa relação com o paciente, acontece porque a doença vascular pode ser uma condição de longo prazo, e precisa ser acompanhada de perto.

Podemos ver essa relação, também, em especialidades como Ginecologia e Obstetrícia, Oncologia e Pediatria, por serem áreas que exigem o acompanhamento frequente com o paciente.


► Nem tudo é cirurgia

Sua especialidade é a cirurgia, mas o cirurgião vascular vai muito além das cirurgias.

Dessa forma, esse especialista não se prende apenas as soluções cirúrgicas. Ele faz com que os pacientes não só conheçam bem seu problema, mas como todas as opções de tratamento disponíveis para ele, mesmo não sendo, necessariamente, uma cirurgia.

Visto que, muitos problemas vasculares podem ser tratados com medicação ou exercício físico.


► Interagindo com outras especialidades

Em muitas especialidades, o profissional começa a tratar um paciente e ao suspeitar que as causas de seu problema sejam arteriais, ele irá encaminhar o paciente para o cirurgião vascular.

As áreas que mais se relacionam a essa especialidade são:

  • Cardiologia
  • Cirurgia Geral
  • Neurologia
  • Oncologia
  • TMO (Transplante de Medula Óssea)
  • Nefrologia
  • Generalistas plantonistas

A equipe de cirurgia vascular é a responsável pela maior parte dos procedimentos e técnicas menos invasivas, mas sempre buscando qual é a melhor solução para aquele paciente específico.

E sempre que é necessário realizar uma hemodiálise ou quimioterapia, o cirurgião vascular é uma peça fundamental para o processo.


remuneração dos médicos

► Cirurgia vascular e Angiologia, são a mesma coisa?

Por serem duas áreas que andam uma ao lado da outra, são facilmente confundidas.

Sendo que, a cirurgia vascular atua no diagnóstico, estudo e tratamento cirúrgico das enfermidades dos vasos sanguíneos, artérias, veias e vasos linfáticos.

Em contrapartida, o angiologista atua apenas na parte clínica. Ele vai detectar e tratar as doenças circulatórias ainda na fase inicial, aplicando medidas preventivas como alimentação e hábitos de vida mais saudáveis para evitar a necessidade de tratamentos cirúrgicos.

Dessa forma, é indispensável que esses dois profissionais atuem juntos, para que os diagnósticos sejam mais completos e o tratamento mais assertivo.


► Como se tornar um cirurgião vascular?

Para conseguir o título de cirurgião vascular, o médico formado tem dois caminhos para escolher:

Residência médica em cirurgia geral e depois subespecialização em cirurgia vascular. Ou pós graduação em cirurgia geral e depois vascular.

Dessa forma, se optar pela residência médica, o médico depois de formado na graduação de medicina, será um generalista, e precisará definir sua subespecialidade médica para aí sim, prestar a prova de residência médica.

Se seu sonho for atuar como cirurgião vascular, precisará fazer residência médica em cirurgia geral primeiro, essa especialização te dará uma formação sólida em clínica cirúrgica, além de bons conhecimentos em semiologia e fisiopatologia.

Essa especialização tem a duração de dois anos, e pode ser feita tanto em hospitais púbicos como em particulares.

Ao final desses dois anos, você poderá se subespecializar em cirurgia vascular, que também tem a duração de dois anos.


► Área de atuação

Ao final desse período de formação que acabamos de ver, o profissional estará altamente capacitado para atuar na sua área. E é aí que entra outra dúvida:

Onde vou atuar?

Nesse momento, o médico poderá entrar no mercado das seguintes formas:

  • Plantonista
  • Poderá fazer parte de uma equipe
  • Realizar exames
  • Abrir seu próprio consultório
Plantonista

 Nos plantões, esse profissional fica ao lado de outras especialidades cirúrgicas.

Eles são chamados em casos de traumas grandes, que incluam lesões arteriais.

Nessa área, as cirurgias precisam de ainda mais foco, agilidade e resposta rápida, pois cada procedimento é meticuloso.

 

Fazendo parte de uma equipe

Integrar uma equipe permitirá ao profissional acompanhar mais de perto o mundo das cirurgias arteriais, assim como as endovasculares.

Que é algo que não acontece durante a residência média, por geralmente ser feita em hospitais públicos pouco abastecidos.  

 
Realizar exames

Outra ótima área de atuação para desse profissional é a de realização de exames.

Exames como doppler arterial e venoso de membros e carótida, além da aorta.

Para isso, geralmente esse profissional busca cursos complementares à sua especialidade.

O médico poderá realizar o exame, dar o laudo, e até dar início ao tratamento, dependendo do caso.

 

Consultório

O especialista pode optar por abrir seu próprio consultório.

Essa área tão ampla e versátil, trabalha com doenças arteriais, em diversos estágios, do inicial ao mais grave.

 E cerca de 90% das atividades realizadas no consultório tem ligação com doenças venosas.


► Remuneração de um cirurgião vascular

Outro ponto que não deve ser deixado de lado é a remuneração dessa área.

Em média, um cirurgião vascular ganha R$5.319,50 para uma jornada de 20 horas semanais.

Mas a faixa salarial pode ficar entre R$ 2.625,00 (média do piso salarial 2019 de convenções coletivas e dissídios), R$ 3.923,50 (salário mediana da amostragem) com um teto salarial de R$ 8.038,99.

Esses valores são referentes a pesquisa do site salário.com.br, atualizada em junho de 2019. E levando em conta profissionais contratados com carteira assinada em regime CLT a nível nacional.

Escolher uma especialidade médica é uma tarefa difícil.

Afinal, são tantos fatores que precisam ser considerados, como campo de atuação, concorrência, remuneração da área escolhida.

Por isso, a pesquisa aprofundada sobre a área que almeja é fundamental. Pois ela te dará uma base sobre o que encontrará na residência médica.

E claro, se for procurar ajuda, nossos profissionais capacitados estarão a sua disposição para ajudá-lo nessa escolha tão importante.

Esperamos que esse conteúdo tenha ajuda você a conhecer melhor essa área tão ampla e importante que é a cirurgia vascular. Se tiver alguma dúvida, pode entrar em contato com a nossa equipe, clicando aqui!

cirurgia vascular

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL