Como mudar hábitos e passar residência médica

Como mudar hábitos e passar residência médica

Saiba como alcançar a aprovação na residência médica!

Você que está aí perdido nos estudos para as provas de residência médica e não sabe se está fazendo da maneira correta, no post de hoje vamos te ajudar a ver em qual estágio da mudança você está.

O conteúdo de hoje vai ser ótimo tanto pra você aplicar em seus estudos, como para você aplicar com seus pacientes –caso você já seja formado em medicina- você vai começar a ver em qual estágio da mudança eles estão, afinal em alguns casos a mudança de hábito é essencial para a melhora do paciente.

Então vamos lá!



Antes de tudo, é importante que você saiba que o ato de mudar não é nem um pouco fácil, afinal o nosso cérebro não é programado para isso, ele quer sempre que ficar na zona de conforto e para que a gente gaste menos energia.

Só que para realizar uma mudança você precisa provocar um processo chamado de neuroplasticidade no seu cérebro, transformando algumas partes, destruindo alguns vícios que ele tem e criar novos hábitos.

Então para fazer um processo de mudança você já precisa saber que não é simples, quem é médico e lida com pacientes já percebeu que fazer alguém mudar um hábito é uma tarefa muito difícil, não é mesmo?

Só que existem determinados processos que vão acontecendo na sua vida que vão te colocando em um estágio de mudança.

E quais são esses estágios de mudança?

São 5 os estágios que foram desenvolvidos pelos terapeutas James Prochaska e Di Clemente, e se trata de um modelo transteórico que explica os estágios de mudança de comportamento pelas quais uma pessoa passa até se libertar definitivamente seu vício ou dificuldade.

5 PASSOS PARA MUDAR SEUS HÁBITOS E PASSAR NA RESIDÊNCIA MÉDICA!

  • Primeiro estágio: Pré-Contemplação

Sabe aquela pessoa que está sofrendo nos estudos para residência médica mas sempre nega que existe problema? Que fica sempre dizendo que vai conseguir, mas na verdade a pilha de conteúdo atrasado só cresce?

Essa pessoa está nesse estágio, de pré-contemplação.

E não adianta tentar convencer ela de algo, porque ela ainda não sente que tem problemas e acha que é capaz de resolver tudo sozinha.

Nesse estágio, a pessoa ainda não vê a necessidade de mudar seu comportamento e suas atitudes. Ela fica resistindo, afinal ela acredita que não existe uma motivação real para mudar.

  • Segundo estágio: Contemplação

Nesse segundo estágio a pessoa já começa a perceber que tem uma dificuldade, mas o medo e a insegurança fazem com que ela não tenha força para iniciar as mudanças.

No fundo, ela já está sentindo o problema mas há o medo da mudança que é um medo natural do seu cérebro.

Aqui no Medcoach é comum que as pessoas cheguem nesse estágio, elas querem estudar, sabem o que precisam fazer, mas não conseguem fazer e por isso ter um treinador do lado ajuda muito.

É comum que nesse etapa ela fique sempre justificando seus vícios e hábitos atuais.

E esse é o grande problema, cada vez que você justificar algo você não vai crescer. Porque o seu cérebro está fazendo um convencimento para que você não entre em um estágio de mudança.

Justificativa é somente PERDA DE TEMPO!

Então a melhor solução pra você que está nesse estágio é calar-se antes de justificar algo e pensar “vou fazer diferente” e “vou fazer tal coisa” e “vou fazer” ok?

  • Terceiro estágio: Preparação

O estágio de preparação é quando o indivíduo entra em um momento de sensibilização e percebe que algumas mudanças vão fazer ele sair do ciclo vicioso e superar os problemas.

Ele finalmente começa a perceber e entender as mudanças.

  • Quarto estágio: Atitude

Essa é etapa em que a pessoa realmente começa a realizar as transformações, lutando com seus medos e padrões de comportamento.

Nesse estágio você vai agir mas sua mente ainda vai relutar dizendo “ah, porque estou fazendo isso?”, “poderia estar dormindo agora”, “isso é besteira”…por isso nessa etapa é preciso muita perseverança, comprometimento e disciplina.

De início você não vai notar a mudança, mas isso é normal, afinal toda mudança precisa de pelo menos 21 dias de prática consecutivas para o seu cérebro começar a se acostumar.

Após esses 21 dias se você persistir com essa mudança, mais ou menos, na 10ª semana você terá adquirido o hábito.

Então são, 21 dias para parar o duelo interno e depois mais 7 semanas pra você já entrar em um estado de rotina.


  • Quinto estágio: Manutenção

Nesse estágio você já aprendeu que a mudança realmente traz resultados e agora você tem que ter disciplina para manter esses resultados.

Alguns dos nossos alunos aqui no Medcoach começam achando que quando entrarem em performance de estudos não precisarão mais do treinador, e é totalmente ao contrário.

Quando você entrar em performance é essencial que seu treinador fique sempre do seu lado, não deixando que seu rendimento caia.

Então a fase de manutenção exige o máximo esforço do indivíduo para que não ocorra nenhum tipo de recaída e ele continue firme em busca da mudança e, claro, da aprovação na residência médica.

E aí, conseguiu identificar em qual estágio da mudança você está?

As provas de residência médica exigem o seu máximo, por isso, não é hora de desculpas e sim de AGIR!

Rumo a aprovação porque SEGUINDO JUNTOS NÓS PODEMOS!

Esperamos que você tenha gostado do conteúdo, até a próxima!



 

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL