banner desktop banner mobile

Descubra como lidar com o estresse para as provas de residência médica

Descubra como lidar com o estresse para as provas de residência médica

Já passamos da metade do ano, as provas de residência médica estão se aproximando e é nessa hora que você precisa manter o equilíbrio para não se perder na fase mais decisiva, e não é de hoje que o estresse é apontado como um grande influenciador no desempenho, tanto profissional quanto acadêmico.

Além de prejudicar diretamente a saúde física e mental, ele também influencia o comportamento de quem não consegue controlar esse sentimento.

Muitas situações podem desencadear uma onda de estresse, como preocupações excessivas, época de provas, matéria acumulada, falta de planejamento, longas jornadas de trabalho, equilibrar estudos e trabalho, pressão familiar e interna, entre muitos outros fatores.

Os mais afetados são as pessoas com uma rotina muito corrida, as que precisam se adaptar a ambientes dos mais diversos, que precisam estar sempre focadas, e dentre essas pessoas, está um grupo especial…

Os médicos, tanto os estudantes quanto os já formados. Eles são os alvos perfeitos para o estresse, principalmente quando estão na fase de prestar as provas da tão sonhada residência médica.

Mas você também pode usar o estresse a seu favor, para ter gás para realizar suas tarefas.

Antes de entender como lidar com o estresse durante a preparação para as provas de residência médica, você precisa entender o que é o estresse.


O QUE REALMENTE É O ESTRESSE?

O estresse é um sentimento normal, e em doses moderadas, ele pode ser um aliado no nosso dia a dia, pode até mesmo melhorar nosso desempenho nos estudos e trabalho.

Porque ele serve como um gás, algo que nos deixa alerta e dispostos para executar tarefas, de forma que quando passamos por situações que são de grande importância para nós, nosso batimento cardíaco e a pressão sanguínea sobem, por isso ficamos mais focados, alertas e somos mais eficientes.


FUGINDO DO CONTROLE

Mas quando o nível de estresse passa a ser alto, ele se torna um sabotador de desempenho, e passa a ter uma influência direta na nossa saúde física e mental, e pode ser caracterizado por:

  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Respiração acelerada;
  • Sudorese;
  • Tremores;
  • Medo;
  • Irritação;
  • Dores de cabeça tensionais persistentes;
  • Enxaquecas;
  • Hipertensão;
  • Dor no peito;
  • Doenças cardíacas.

Além disso, seu cérebro não será capaz de processar os conteúdos que você precisa estudar para a residência médica.

Isso porque quando estamos em um nível elevado de estresse, geramos uma onda de ansiedade, que libera uma quantidade maior de adrenalina, nos deixando tão acelerados que não conseguimos focar e reter informações.   

Por isso o estresse se torna um dos maiores vilões durante a preparação para provas e concursos médicos, e ele se intensifica ainda mais quando falamos sobre estudantes de medicina, por ser uma das áreas em que os profissionais apresentam maior nível de estresse.

Mas porque esse grupo é mais afetado?


ESTUDANTES DE MEDICINA SÃO MAIS AFETADOS

O período de preparo para a residência médica, e até mesmo durante a graduação em medicina, causam, e muito, ansiedade, estresse, e em alguns casos até depressão.

A residência médica até mais que a graduação. Afinal, ela representa o segundo vestibular para os estudantes de medicina, com uma concorrência e uma pressão muito maior que no vestibular para a graduação.

Além das extensas e exaustivas horas conciliadas entre plantões e estudos, e por estarem constantemente em contato com cenários que causam grande impacto emocional, é um dos motivos para essa ser uma das áreas que tem os profissionais com maior nível de estresse.

Por isso, o curso de medicina é visto como um dos mais difíceis, pois além de toda dedicação, esforço, é necessária muita resistência física e emocional para dar conta dessa área.


ESTRESSE X RESIDÊNCIA MÉDICA 

Descontrole emocional, certamente esse é um fator que derruba muitos candidatos.

Você está sentindo a ansiedade aumentar ao passo que as provas de residência médica estão se aproximando?

Se está, pode ficar tranquilo, isso é mais que normal e são poucos, isso para não dizer raros, os que passam por esse período sem sentir ao menos um frio na barriga pela chegada das provas.

 E sinceramente, acho que nenhum candidato fica sem ter no mínimo um pouco de medo em algum momento durante todo o processo de preparação, para o tão aguardado dia da prova.

Isso acontece porque as provas de residência médica são muito complexas, e formada por provas práticas e teóricas, que englobam as 5 grandes áreas da medicina, mas a onda de tensão, ansiedade e estresse para a Residência Médica se iniciam antes mesmo da própria prova, sabe como?

No planejamento e tomada de decisão.

Não se trata apenas de prestar uma área, o médico precisa escolher sua especialidade, definir os hospitais que deseja prestar a prova, começar sua preparação financeira para essas provas, afinal, as inscrições tem um custo alto, e muitas vezes o médico precisa arcar com as despesas de hospedagem por prestar a prova em outra cidade.

Muita coisa para pensar, não é?

E esses são só alguns dos fatores que devem ser levados em consideração na hora de tomar essa decisão tão importante, e justamente por ser tão importante que desencadeia uma onda negativa de estresse.

Como se toda a parte de planejamento e estudos já não fossem suficientes para desencadear essa onda de estresse, ainda tem a  pressão pela aprovação.

Essa pressão pode tanto ser externa, de família e amigos, como também interna, você mesmo cobrar sua aprovação.

Gatilhos para o estresse é o que não faltam, e com certeza isso vai prejudicar o seu desempenho nos estudos, e isso pode custar sua aprovação na residência médica, mas como?



O ESTRESSE AFETA SEUS ESTUDOS

Estudante para residência médica e estresse são praticamente sinônimos.

Mas o nosso trabalho aqui no Medcoach é acabar como todo estresse e ansiedade, afinal, o estresse afeta o nosso cérebro e atrapalha todo o processo de estudos.

Ele vai te fazer dormir mal, ter problemas para lembrar coisas pequenas, vai afetar seu humor e acabar com a sua motivação e energia.

Já falamos como o estresse pode ser seu aliado, sendo seu gatilho de energia e te dando mais foco. Mas agora vamos falar sobre o estresse negativo, que é um sabotador para você e vai provavelmente vai atrapalhar seus estudos.

Como o estresse pode atrapalhar seus estudos?

Quando o seu cérebro identifica uma situação estressante, o eixo hipotálamo-hipófise-adrenal, que controla o nível de estresse do seu corpo, ele começa a liberar cortisol, que vai preparar seu corpo para tomar uma ação de forma instantânea.

Mas isso não é bom?

Não vai nos deixar alerta?

Isso é bom, a menos que esse hormônio seja liberado durante muito tempo, porque isso vai causar danos no seu cérebro.

Como assim o estresse pode causar danos ao cérebro?

Por exemplo, estresse crônico aumenta o sentimento de medo, e como o nível de cortisol aumenta, a parte do cérebro associada com o aprendizado, memória e controle de estresse, fica danificado, além de inibir a habilidade de controlar o estresse, e como se não bastasse, ainda pode encolher o tamanho do seu cérebro, literalmente, assustador, não é?

Então, vamos resumir aqui.

O excesso de estresse resulta na perda das ligações do seu cérebro que são responsáveis pela concentração, pensamento crítico, interações sociais e tomadas de decisões.

Dessa forma, seu aprendizado ficará prejudicado, incluindo sua capacidade de memorização, e pode desencadear problemas ainda mais sérios e mais limitantes, como a depressão e o Alzheimer.

Preocupante, não é?

Mas o que você pode fazer para impedir que isso aconteça?


INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Muito se fala sobre inteligência emocional, mas o que de fato ela é?

A inteligência emocional se trata da habilidade de entender e reconhecer emoções, suas e de outras pessoas, só que mais do que apenas identificar essas emoções, é preciso saber lidar com elas.

E essa capacidade traz uma vantagem enorme, que é a automotivação e a habilidade de conseguir seguir em frente, mesmo quando se depara com frustrações.

Uma pessoa com inteligência emocional, consegue controlar impulsos e emoções, e esse é um aliado e tanto para atingir seus objetivos acadêmicos, pessoais ou profissionais.

Com ela, você conseguirá manter o foco e o controle mesmo diante de toda pressão, ansiedade e estresse nessa reta final para as provas, fazendo com que você consiga realizar TODO o seu planejamento antes das provas e atingir alta performance. E como você pode ter a inteligência emocional como sua aliada?



COMO USAR A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NA PREPARAÇÃO PARA AS PROVAS DE RM?

Você já sabe o que é a inteligência emocional, então agora precisa saber como você pode adquiri-la e usá-la na preparação para as provas de residência médica.

Mas é preciso lembrar que esse processo exige dedicação, você não vai passar a ter pleno controle das suas emoções de uma hora para a outra, e que cada pessoa tem seu tempo.

Mas para te ajudar nessa jornada, separamos essas 6 super dicas sobre inteligência emocional:

  • IDENTIFIQUE SUAS EMOÇÕES

Identifique suas emoções assim que elas aparecerem. Assim que perceber que está sendo tomado por um sentimento, pergunte-se: O que estou sentindo agora?

Se estiver estudando e começar a se sentir estressado ou ansioso, anote em um papel, relacione o que você está fazendo com o que está sentindo, assim ficará mais fácil identificar seus gatilhos e trabalhar neles.

  • AVALIE AS CONSEQUÊNCIAS

Faça uma avaliação das consequências dos seus atos antes de fazer alguma coisa.

Fazer essa avaliação interna sobre as suas atitudes faz com que você perceba se está sendo movido pela razão ou pela emoção.

Se começou a estudar, teve dificuldade com o conteúdo e começou a se sentir ansioso e estressado, o que vai fazer?

Vai tentar entender o conteúdo de outra forma ou vai deixá-lo de lado?

  • CUIDADO COM SEUS PENSAMENTOS

Administre seus pensamentos, tente sempre buscar pensamentos e emoções que sejam positivos e que te façam agir de forma racional.

É preciso muito cuidado para que pensamentos sabotadores não tomem conta de você, servindo como forma de desmotivação que vai prejudicar seu desempenho nos estudos.

  • ENTENDA OS SENTIMENTOS DOS OUTROS

Você é um profissional da saúde que está buscando se qualificar melhor, não é?

Então, como um profissional da saúde, você precisa entender a importância de compreender os sentimentos dos outros usando a empatia.

Se você conseguir entender o sentimento das outras pessoas, então com certeza vai entender os seus próprios sentimentos e ser mais maleável com você e suas limitações.

  • AUTOCONTROLE E AUTOMOTIVAÇÃO

O autocontrole é o que faz a pessoa não ser refém dos seus próprios sentimentos e impulsos, e a automotivação é a capacidade de motivar a si mesma.

Com o autocontrole você vai conseguir manter seu ritmo de estudos sem perder o foco, independente das situações externas ou sentimentos.

Já a automotivação, vai fazer com que você mesmo seja sua motivação, sem precisar que outros façam isso por você.

Desenvolver essas duas habilidades vai fazer com que você consiga controlar suas emoções e não deixar que elas tirem seu foco dos estudos.

  • IDENTIFIQUE SUAS HABILIDADES E LIMITAÇÕES

Como você vai adquirir inteligência emocional sem identificar suas habilidades e limitações?

Faça uma autoanalise dos seus pontos fortes e fracos. Assim saberá o que precisa melhorar, conseguirá respeitar melhor seu limite e tirar mais proveito das suas habilidades.

Assim, terá um melhor desempenho na preparação para as provas de residência médica.


7 DICAS INFALÍVEIS CONTRA O ESTRESSE DURANTE AS PROVAS DE RM

Como já dissemos, as provas estão chegando e a ansiedade, a expectativa, o medo e a insegurança já começam a bater na porta, o que pode ser muito prejudicial não só em relação a sua preparação, mas na sua vida de um modo geral, e com certeza vai influenciar seu desempenho durante as provas.

E para te ajudar a vencer a batalha contra o estresse durante as provas de residência médica, trouxemos 7 dicas infalíveis, confira:

  • VOCÊ PRECISA DORMIR

Não tem jeito, você precisa dormir!

Sabemos que com as provas se aproximando, a ansiedade aumentando, vem junto aquela sensação de que você precisa estudar ao máximo, e que cada segundo conta.

Mas ter um sono de qualidade é fundamental para que sua mente e seu corpo recuperem as energias, e até mesmo para que seu cérebro possa reter as informações.

Você precisa dormir em média 8 horas por dia, é importante que você respeite esse horário.

  •  FOQUE NA RESPIRAÇÃO

A respiração consciente é uma ótima forma de se concentrar no presente, acalmar a ansiedade e o estresse. Aqui no Medcoach, os treinadores trabalham com a respiração de 7 tempos com nossos alunos, é uma das técnicas para trabalhar a ansiedade e o estresse.

Quer tentar?

O       Inspire lentamente, contando até 7 segundos;

o        Retenha o ar, por 7 segundos;

o        Expire o ar lentamente, por 7 segundos;

o        Mantenha-se vazio, sem ar, por 7 segundos, e reinicie o ciclo.

  • FAÇA ATIVIDADE FÍSICA

Atividade física te proporciona uma saúde melhor, bem-estar, e alivia o estresse.

Basta encontrar a que mais combina com você.

Manter-se ativo produz substâncias que auxiliam na concentração e na qualidade de vida.

Com o corpo no seu melhor estado, sua mente tem menos trabalho para se acalmar em momentos de estresse.

  • TENHA UM HOBBY

Durante a época de preparação para as provas, com certeza você abriu mão de algumas coisas que gosta muito para conseguir se dedicar integralmente aos estudos, acertei?

E isso é muito importante, essa dedicação é que vai te fazer alcançar a tão sonhada aprovação.

Mas você precisa dos seus momentos de lazer, eles são fundamentais para que o estresse não tome conta de você.

Dar o seu máximo nos estudos é importantíssimo, mas saber a hora de ocupar a cabeça com outra atividade é essencial para aumentar o rendimento.

  • ALIMENTE-SE BEM

Uma alimentação saudável fornece os nutrientes dos quais seu corpo precisa para funcionar bem.

Isso dá a você uma maior disposição para estudar e para cumprir as tarefas do cotidiano.

Portanto, alimentar-se bem proporciona uma vida mais saudável, auxilia a atingir objetivos e isso, obviamente, ajudará a manter o estresse mais distante.

  • TENHA UM PLANEJAMENTO

Uma das grandes causas do nervosismo no período de provas é a falta de planejamento e de organização na hora de estudar.

Por isso, estabelecer um cronograma de estudos com metas realistas (e realmente cumpri-lo) fará com que você seja capaz de avaliar seu progresso, bem como seus pontos fortes e fracos, tornando-se apto a corrigir falhas e correr atrás do prejuízo antes que seja tarde.

  • SEJA PACIENTE

Seu grande objetivo é conseguir a aprovação.

E, para isso, você vai precisar se dedicar, ter foco e, muitas vezes, terá que abrir mão de momentos de lazer para poder se concentrar nos estudos.

Mas lembre-se: você é humano e não uma máquina.

Muitas vezes, o estresse surge por sermos excessivamente rigorosos com nós mesmos e nos esquecemos que descanso, lazer e distração são necessários para manter a saúde e o bem-estar.

Uma pausa pode fazer muito bem ao seu desempenho.

É importante ter em mente também que é completamente normal ter dificuldade em algumas matérias e se sentir desanimado e exausto.

Quando isso acontecer, basta descansar e recarregar as energias.


Aprender a controlar o estresse nessa fase de preparação, será fundamental para que você conquiste a sua tão sonhada aprovação na residência médica.

E mais que isso, saber lidar com esses sentimentos te farão ter uma vida mais tranquila, sem que você chegue ao extremo e desenvolva algum tipo de problema psicoemocional.

Use as dicas acima, busque a inteligência emocional, e se precisar de ajuda, fale com um de nossos especialistas, eles estão prontos para te ajudar.


passar na residência médica

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL