banner desktop banner mobile

Especialidades médicas que precisam de profissionais

Especialidades médicas que precisam de profissionais

Já vimos sobre a má distribuição dos profissionais de medicina no Brasil e como algumas especialidades médicas enfrentam uma superlotação.

Mas hoje vamos ver um cenário oposto, especialidades médicas que enfrentam carência e precisam de profissionais.

Continue lendo e confira o porque isso acontece e quais são essas especialidades


Áreas médicas que precisam de profissionais

Algumas áreas da medicina enfrentam uma superlotação, ou seja, são especialidades com um alto nível de concorrência e um mercado de difícil atuação.

Por outro lado, temos as especialidades médicas quase que esquecidas por assim dizer.

São especialidades médicas com baixo nível de concorrência nos vestibulares de residência médica e que estão passando por uma carência de profissionais no mercado. 

Quer um exemplo? 

A especialidade Cirurgia de Mão conta com apenas 411 médicos espalhados por todo Brasil.

O mesmo acontece com Genética Médica que tem 200 médicos no país todo, além de Radioterapia tem um total de 497 profissionais no país. 

Agora podemos ver a imensa defasagem desses profissionais, e a lista não para por aí.

Confira as especialidades que também precisam de mais profissionais:

  • medicina legal e perícia médica
  • angiologia
  • medicina de tráfego
  • medicina preventiva e social
  • gastrenterologia
  • neurocirurgia
  • medicina nuclear
  • hemoterapia e hematologia
  • nefrologia
  • reumatologia
  • cirurgia de aparelho digestivo
  • geriatria
  • cirurgia vascular
  • cirurgia de pescoço e cabeça
  • metabologia
  • mastologia
  • medicina da família e comunidade

Porque essas especialidades médicas não são tão buscadas? 

Alguns fatores podem ser apontados como causadores desse problema, entre eles está a idade e o perfil dos novos profissionais que estão entrando no mercado.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) realizou uma pesquisa que apontou que os médicos mais jovens buscam especialidades básicas, como clínica geral, pediatria.

Sendo assim, esse fato somado à má distribuição dos profissionais de medicina.

E como já falamos em outro artigo,causam essa carência na área médica.

Outro fator importante é a rentabilidade, os novos profissionais buscam as áreas com os melhores salários, indo assim para as áreas mais comuns.

Isso é compreensível, visto que podemos precisar com mais frequência de um clínico geral do que de um cirurgião de mão.

Sendo assim, vemos que existem muitos fatores envolvidos na hora de escolher a especialidade médica, principalmente se pensarmos na cruel realidade médica no Brasil, o vídeo a seguir fala sobre isso, confira:



E se precisar de ajuda pode entrar em contato com a nossa equipe de especialistas, eles estão prontos para te ajudar.

Um forte abraço, até a próxima. 

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL