banner desktop banner mobile

Hematologia e Hemoterapia, uma especialidade fascinante!

Hematologia e Hemoterapia, uma especialidade fascinante!

Hematologia compreende, portanto, do estudo dos gânglios linfáticos: o sangue, a medula óssea, os linfonodos, o baço e os gânglios linfáticos.

Entretanto, o sangue é essencial para a vida porque ele é o responsável por transportar oxigênio, hormônios, nutrientes, células brancas, plaquetas e substâncias diversas para todo o corpo.

No entanto, é de responsabilidade do médico que possui essa especialização realizar o diagnóstico e o tratamento de condições que possam afetar o sangue e o local onde ele é formado, que são os órgãos hematopoéticos, como a medula óssea, responsável, portanto, por produzir hemácias, leucócitos e plaquetas.

Essa especialidade, portanto, também pode ser chamada de hematologia clínica.

Desse modo, por meio de exames de sangue específicos, os médicos, então, da hematologia conseguem descobrir se há algum componente do sangue, de células a nutrientes, que estão alterados e que podem estar causando problemas de saúde diversos no paciente.

Hematologia

Consequentemente, esses exames são comandados pela hematologia laboratorial.

Assim, normalmente, a hematologia trata de condições como a leucemia e o linfoma, que são os cânceres do sangue. O mieloma duplo, a hemofilia, a púrpura, os distúrbios de coagulação, a trombofilia e as anemias diversas, como a falciforme, também podem ser tratados por um médico com essa especialidade.

Contudo, certas condições sanguíneas, como a leucemia, necessitam de um transplante para devolver ao paciente sua qualidade de vida. Para tanto são realizados procedimentos médicos como o transplante de medula óssea.

Além disso, os centros de hematologia possuem profissionais médicos e laboratoriais capacitados para realizar todo o tipo de avaliação e exames necessários para alcançar um diagnóstico preciso e correto, auxiliando o paciente na recuperação de sua qualidade de vida.

Portanto…

No entanto, essa especialidade também pode realizar tratamentos por meio de transfusões de sangue, na junção entre hematologia e hemoterapia, que é o uso do sangue como elemento terapêutico.

Normalmente, uma pessoa passa em consulta com a hematologia por recomendação médica de outra especialidade, como a clínica geral, a cardiologia e até a angiologia.

Dessa forma, caso o indivíduo apresente sintomas como sangramento frequente da gengiva e do nariz, trombose, inchaço nos gânglios e linfonodos, fadiga, cansaço e manchas na pele, é interessante marcar uma consulta clínica com essa especialidade médica para a realização de exames e avaliações.

Gostou do conteúdo?! Continue lendo mais detalhes sobre a área!

Leia também: Conheça as especialidades médicas que você pode atuar!

O que é a Hematologia e Hemoterapia?

A Hematologia e Hemoterapia é, portanto, a especialidade responsável por investigar, diagnosticar e tratar os distúrbios do sangue, sejam eles benignos ou malignos do ponto de vista patológico, e por todos os procedimentos relacionados à transfusão de sangue.

No entanto, a formação necessária para formar o hematologista envolve dois anos de Residência Médica em pré-requisito de Clínica Médica e mais dois anos em Hematologia e Hemoterapia, com um terceiro ano opcional em transplante de medula óssea.

Como é o dia a dia do hematologista?

A rotina do hematologista envolve, então, a assistência a pacientes já diagnosticados ou em investigação, seja em consultório ou em hospitais, além de atendimento como parecerista para outras especialidades.

Entretanto, no caso de neoplasias hematológicas, a prescrição da quimioterapia faz parte do escopo.

Porém, para auxiliar no diagnóstico e tratamento, o profissional, portanto, pode lançar mão de exames complementares como aspirado de medula óssea, punção lombar e hematoscopia.

Oportunidades de trabalho na área de Hematologia e Hemoterapia:

A Hematologia é, então, uma especialidade com procura menor do que a maioria das outras especialidades clínicas, com isso – e aliado ao fato de as áreas de atuação serem diversas como será visto a seguir – as oportunidades de trabalho são maiores e envolvem desde o contato direto com o paciente até atividades em laboratórios e/ou burocráticas.

Hematologia

Número de especialistas em Hematologia e Hemoterapia:

No momento, são aproximadamente 2.300 hematologistas registrados pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular.

Leia também: Internato, especialização e residência médica, entenda a diferença!

Especialidades correlacionadas:

A especialidade se relaciona, contudo, com praticamente todas as outras áreas clinicas, com destaque para a Reumatologia e Oncologia.

Área de atuação em Hematologia:

O hematologista poderá, então, atuar na assistência direta aos pacientes, seja em consultórios, hospitais e centros de transplante de medula óssea, assim como pode trabalhar na supervisão de laboratórios de analises clínicas e bancos de sangue.

Desse modo,a área de pesquisa também vem crescendo com diversas linhas de pesquisa, dessa forma, para diferentes doenças do sangue.

Curiosidade em Hematologia:

A especialidade é, portanto, uma das que mais avança em novos tratamentos e técnicas diagnosticas graças a genética.

Além disso, também apresenta uma variada gama de oportunidades de trabalho e, também, atendimento a adultos e crianças.

Dessa maneira, essa heterogeneidade de cargos – que vão desde médico hospitalista até coordenador de banco de sangue – fazem, então, da especialidade uma ótima escolha para quem gosta de variar no ambiente de trabalho.

Portanto, veja o vídeo sobre qual a especialidade médica escolher:

Tenha em vista que, se precisar de ajuda, pode entrar em contato com a nossa equipe de especialistas, eles certamente estarão prontos para te ajudar.
Por fim, um forte abraço, por conseguinte, até a próxima. 

Conheça os nossos programas!


Siga-nos nas redes sociais, isso irá servir para que você receba sempre novidades e dicas super importantes do universo médico: Facebook, Instagram, Youtube Twitter Linkedin

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL