banner desktop banner mobile

Residência Médica em Pediatria

Residência Médica em Pediatria

Pediatria, uma das áreas mais concorridas nos programas de residência médica, também é a responsável por um dos trabalhos mais bonitos, cuidar das crianças. 

Dessa forma, nessa véspera de dia das crianças, não podemos deixar de falar desse profissional que cuida com tanto zelo dos pequenos.

Continue lendo e descubra mais sobre essa especialidade e qual a sua importância para os pequenos.


Importância do Pediatra 

Ao passo que a gestação vai chegando ao fim, os pais já estão decidindo quem será o Pediatra responsável por acompanhar toda a infância da criança que está para nascer. 

E é nessa fase que o Pediatra já começa a ser importante, nesse momento ele será o responsável por manter os pais calmos e tirar suas dúvidas sobre a chegada do bebê.

O Pediatra é uma peça essencial para que a criança possa se desenvolver de forma saudável, por isso, é necessário um acompanhamento desde os primeiros meses de vida. 

O acompanhamento com o pediatra no primeiro ano de vida do bebê é importantíssimo para que possa ser tratada qualquer sequela, por menor que seja, que possa estar relacionada ao período de gestação. 

Os Pediatras atualmente tem uma tarefa e um compromisso desafiador:

Cuidar das crianças de hoje, para que elas se tornem os adultos que conseguirão chegar aos 100 anos com qualidade de vida.

Dessa forma, vemos que o acompanhamento pediátrico não se limita a apenas diagnosticar doenças.

Podemos dizer que eles estão investindo na prevenção das doenças dos adultos, cuidando das crianças de hoje.


O que faz um pediatra?

Esse profissional da área da medicina atua cuidando de crianças e adolescentes, na faixa etária de zero a dezoito anos.

Ele trata questões que são fundamentais para o desenvolvimento infanto-juvenil.

Apesar de ser um profissional que cuida de crianças, o atendimento do pediatra se estende aos pais e familiares responsáveis por ela, visto que ele os orienta em relação à alimentação e cuidados básicos da saúde dos pequenos.

Ele também os orienta a respeito de:

  • Aleitamento materno
  • Vacinas
  • Exames periódicos
  • Crescimento e desenvolvimento neuropsicomotor (processo de mudanças no comportamento motor da criança)
  • Prevenção de acidentes e primeiros socorros
  • Regularidade de consultas

É ele quem irá acompanhar a criança desde os primeiros meses de vida, sendo assim, é ele que acompanhará sus primeiros exames como o teste do pezinho, dos olhinhos entre outros. 

Alguns dos principais exames realizados por esse profissional são:

  • Medição de estatura e peso
  • Rastreamento sensorial de visão e audição
  • Avaliação comportamental e psicossocial
  • Exames físicos em geral

O pediatra também se atenta a fatores como pressão arterial e saúde bucal, por exemplo, sempre orientando os pais como cuidar dos pequenos. 


Onde ele atua?

Para muitos, o local mais comum de atuação de um pediatra é no consultório médico, onde são realizadas tanto consultas quanto exames de rotina.

Mas esse não é o único local de atuação para esse especialista. 

O Pediatra pode atuar também no meio acadêmico, em universidades públicas ou privadas, ou até mesmo atuar em pesquisas, em institutos e laboratórios.

Mas se preferir atuar de forma prática, realizando atendimentos no setor público ou privado. 

Pode gerenciar unidades de saúde, como alas neonatais, pode atuar também em hospitais, unidades de saúde ou órgãos de fiscalização. 


Como é a residência médica em pediatria

Para cursar a residência médica em pediatria é necessário ter se graduado em medicina primeiro, assim poderá participar do processo seletivo de residência médica.

Essa especialização dura entre 2 e 3 anos, e durante esse período, o estudante entra em contato com a rotina de trabalho de um pediatra, então ele passa por:

  • Ambulatório
  • Enfermaria
  • Unidade de tratamento intensivo
  • Pronto-socorro 

Além das diferentes áreas de atuação da pediatria, como:

  • Neonatologia
  • Terapia Intensiva
  • Urgência 

Será no pronto-socorro que o residente irá se deparar com algumas dificuldade s dessa área, como lidar com os pais e com as doenças agudas mais comuns da pediatria. 

Já na parte de terapia intensiva, o residente entra em contato com a realidade das doenças graves da pediatria e com exaustivas escalas de trabalho. 

Na área de neonatologia o residente conhece a rotina da sala de parto e os cuidados intensivos com recém-nascidos. 

Quando finalmente chega ao ambulatório, o residente entende a rotina das especialidades pediátricas e aprende como realizar uma boa puericultura.

Algumas das disciplinas estudadas durante a especialização em pediatria são:

  • Anatomia
  • Biologia
  • Exame e Análises Clínicas
  • Farmacologia Básica
  • Fisiologia
  • Patologia Infantil
  • Pedagogia
  • Psicologia Infantil Básica
  • Química Básica

tipos de especialidades médicas

Acabou a residência médica em Pediatria? 

Acabou a residência médica em pediatria? Então confira as áreas em que o pediatra pode se especializar:

  • Administração em Saúde
  • Cardiologia Pediátrica
  • Endocrinologia Pediátrica
  • Gastroenterologia Pediátrica
  • Imunologia Pediátrica
  • Infectologia Pediátrica
  • Medicina do Adolescente
  • Neonatologia
  • Neurologia Pediátrica
  • Nutrologia Pediátrica

As especializações são muito importantes nessa área, visto que a Pediatria é uma das áreas mais concorridas, tanto no processo seletivo quanto no mercado de trabalho.

E a concorrência é um dos pontos que você deve levar em consideração na hora de definir sua especialidade médica.   

O vídeo a seguir traz 6 dicas para a definição da sua especialidade médica, não deixe de conferir:


E se precisar de ajuda pode entrar em contato com a nossa equipe de especialistas, eles estão prontos para te ajudar.

Um forte abraço, até a próxima. 

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube Twitter

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL