banner desktop banner mobile

Cirurgia Plástica: especialidade médica em constante evolução!

Cirurgia Plástica: especialidade médica em constante evolução!

O Brasil é, então, referência na especialidade médica em cirurgia plástica.

Além de ter profissionais de renome internacional, o País, portanto, está entre os primeiros em quantidade de procedimentos realizados por ano.

No entanto, dessa forma, com um enorme mercado a explorar, aliado ao fato de o cirurgião plástico ter os maiores salários da área médica, não é de se espantar, portanto, que muita gente sonhe em seguir essa carreira.

Se você tem interesse em saber mais sobre essa especialidade, como está o cenário brasileiro e o que é preciso fazer para, então, exercer a profissão!

Continue, então, lendo esse artigo!

Leia também: Conheça as especialidades médicas que você pode atuar!

O que é a especialidade médica em Cirurgia Plástica?

Especialidade Médica em Cirurgia Plástica

A especialidade médica em Cirurgia Plástica é, então, uma das mais de 50 especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Desse modo, por meio de avançadas técnicas cirúrgicas, seu objetivo é reconstituir alguma parte do corpo.

A cirurgia plástica pode, dessa maneira, ser de dois tipos:

Estética:  então, tem o objetivo de melhorar a aparência do paciente. Alguns exemplos são: lipoaspiração, lifting da face, rinoplastia (plástica de nariz), etc.

Reparadora: aqui o objetivo é, portanto, não apenas melhorar a aparência do paciente, mas também dar a ele maior qualidade de vida por meio da correção de defeitos congênitos ou adquiridos.

Também correção de fenda palatina (lábio leporino), enxertos de pele em queimados ou vítimas de acidentes e reconstrução das mamas em pacientes que tiveram câncer são alguns exemplos desse tipo de cirurgia plástica.

Trajetória médico especialista em Cirurgia Plástica

Logo, você tem uma ideia do que um cirurgião plástico faz, portanto, podemos facilmente encontrar informações sobre saúde, beleza e estética associadas à Cirurgia Plástica.

Contudo, a cirurgia plástica moderna é uma especialidade dinâmica e, portanto, em constante evolução, não está restrita pela anatomia ou sistemas orgânicos.

Áreas de atuação

A especialidade médica em Cirurgia Plástica incorpora, então, várias áreas de atuação, tais como: cirurgia da mão, cirurgia crânio-maxilo-facial, tumores cutâneos e oncologia, cuidados às queimaduras e feridas complexas, cirurgias estéticas, cosmiatria, cirurgia plástica órbito-palpebral, reconstrução mamária, microcirurgia e cirurgia de intersexo.

Assim, embora esse largo espectro de atividades seja uma característica da especialidade em Cirurgia Plástica, ele também contribui, então, para a dificuldade em se definir claramente sua área de atuação.

Especialidade Médica em Cirurgia Plástica

Dessa maneira, a formação do médico cirurgião plástico no Brasil compreende, então, as seguintes etapas:

Etapa 1: 6 anos de graduação em Medicina.

Etapa 2: 2 anos de Residência Médica em Cirurgia Geral (a partir de 2018 – 3 anos).
Etapa 3: 3 anos de Residência Médica em Cirurgia Plástica.

No entanto, existem mais 3 grandes áreas de especialização do Cirurgião Plástico, dessa forma, são elas:

– Microcirurgia: 1 ano de Residência Médica (pré-requisito: Residência Médica em Cirurgia Plástica).

– Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial: 1 ano de Residência Médica. (pré-requisito: Residência Médica em Cirurgia Plástica, Otorrinolaringologia ou Cirurgia de Cabeça e Pescoço).

– Cirurgia de Mão: 2 anos de Residência. (pré-requisito: Residência Médica em Cirurgia Plástica ou Ortopedia).

Como é o dia a dia na especialidade médica em Cirurgia Plástica?

No entanto, o dia a dia das especialidades cirúrgicas é bem semelhante e consiste nas avaliações e preparo dos pacientes para o procedimento cirúrgico proposto, nas execuções das cirurgias propriamente ditas e nos cuidados pós-operatórios, além dos cuidados e curativos de feridas agudas e crônicas.

Rede pública

Dessa forma, na rede pública de saúde são executados procedimentos estéticos tais como: colocação de próteses de mama, glúteos, panturrilhas, mento, blefaroplastias, ritidoplastias, otoplastias, redução mamária, abdominoplastias entre outras;

No entanto, já nos reparadores, portanto, como: correção de úlceras de pressão, remoção de neoplasias com reconstrução imediata, colocação de expansores cutâneos para correção grandes defeitos em áreas com pouco tecido doador, enxertias cutâneas e etc.

Rede privada

Assim, na medicina privada é, portanto, possível a realização de outros procedimentos não cirúrgicos em consultório tais como: aplicação de toxina botulínica, volumização facial com ácido hialurônico, peelings químicos e físicos, lasers entre outros.

Oportunidades de trabalho na especialidade médica em Cirurgia Plástica:

Assim, cirurgiões plásticos atuam, em sua maioria, em seus consultórios particulares.

Portanto, é possível a aquisição de planos de saúde, contudo, os mesmo não tem cobertura para procedimentos estéticos, o que restringe, então, a atuação do cirurgião a procedimentos cirúrgicos em pacientes pós bariátricos, ressecção de tumores cutâneos e outros procedimentos reparadores.

Na rede pública, encontramos, portanto, serviços de cirurgia plástica nos hospitais universitários e em instituições vinculadas ao ensino. Não são frequentes concursos públicos para cirurgia plástica.

Leia também: Estações na prova prática de residência médica

Número de especialistas na área

No momento, portanto, são cerca de 5.600 cirurgiões plásticos registrados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Aproveite e assista, portanto, ao vídeo sobre organização de estudos para residência médica:

Contudo, se precisar de ajuda, pode entrar em contato com a nossa equipe de especialistas, eles estão prontos para te ajudar.
Por fim, um forte abraço, até a próxima. 

Conheça os nossos programas!

Portanto, siga-nos, então, nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube, TwitterLinkedin.

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL