banner desktop banner mobile

Qual o motivo da sua desmotivação para estudar?

Qual o motivo da sua desmotivação para estudar?

Desmotivação para estudar, esse é um problema que todo estudante enfrenta.

São muitos os motivos que podem te levar a esse estado, e nesse momento, é necessário não só conhecer, como também entender esses fatores.

Isso fará total diferença na sua preparação para os vestibulares de residência médica e em sua luta contra a desmotivação.

Mas você sabe qual é o verdadeiro motivo da sua desmotivação para estudar?

Continue lendo, falaremos sobre esse assunto, assim como algumas coisas que podem estar causando essa falta de ânimo para estudar.


Longas horas de estudo podem gerar desmotivação para estudar

sono na hora de estudar

Par driblar  sua falta de ânimo para estudar, manter uma rotina de estudos é fundamental para que, dessa forma, você consiga cumprir todo conteúdo necessário dentro do prazo devido.

De maneira que não será refém da desmotivação na hora de estudar, e como resultado, estará cada vez mais bem preparado para o exame de residência médica.

Entretanto, os especialistas afirmam que passar longas horas estudando, e estender essa rotina exaustiva por dias, pode ter um efeito contrário, de maneira que venha causar uma sensação muito ruim no seu dia a dia.

Além disso, para um estudante desmotivado é muito mais difícil absorver o conteúdo, então podemos ver que isso é algo que merece sua atenção.

Por isso é cada vez mais importante que você planeje seu cronograma de estudos de forma que consiga ter momentos livres e vença a falta de ânimo para estudar.

Esse tempo livre será fundamental para que você consiga vencer a sua desmotivação para estudar e recupere tanto sua energia quanto sua motivação.


Leia também: O Equilíbrio Entre Plantões, Diversão, Tempo Livre e Estudos para Residência Médica 


Pressão e cobrança podem gerar desmotivação para estudar

pressão nos estudos

É muito comum que, ao passo que a época de provas se aproxima, o candidato comece a ter uma onda de pressão ainda maior, e consequentemente acarrete em uma falta de ânimo para estudar.

Salvo que, essa cobrança pode vir tanto de você quanto de outras pessoas que estão na torcida pela sua aprovação, inclusive no seu ambiente de trabalho, colegas plantonistas.

Toda essa onda de cobrança e expectativa podem gerar emoções negativas que, ao se acumularem, podem gerar um surto de estresse, o que prejudicará os seus estudos e é claro, resultará na falta de motivação para estudar.


Estresse pode gerar desmotivação para estudar

estresse pode desmotivar estudos

Se você já sente os efeitos do estresse, é preciso se atentar a maneiras de driblá-lo para que continue estudando da melhor maneira sem causar sua desmotivação para estudar.

Você já sabe que a preparação para residência médica pode ser uma das tarefas mais cansativas que um médico recém-formado se propõe a fazer em prol da sua vida profissional.

E isso acontece devido as longas horas de estudo, e muitas vezes, falta de planejamento do conteúdo.

É natural que você sinta um estresse contínuo, falta de motivação para estudar, durante sua preparação para as provas do final do ano.

E é por isso que você precisa buscar maneiras que tendem a diminuir todos os efeitos que a desmotivação para estudar pode causar a sua rotina.

Quando você perde o controle do estresse ele pode causar muitos transtornos e desmotivação para estudar.

E inclusive fazer com que os estudos não se tornem uma prioridade.

Sendo assim, é imprescindível manter-se concentrado para evitar que o estresse faça parte da sua rotina.


Leia também: Descubra como lidar com o estresse para as provas de residência médica


Cansaço físico e mental pode gerar desmotivação para estudar

cansaço pode desmotivar estudos

O cansaço tanto físico quanto mental, causado pela alta carga de trabalho e estudos são capazes de mudar os seus fatores emocionais e psicológicos agressivamente, o que pode prejudicar e muito o seu dia a dia, gerando desmotivação para estudar.

Segundo especialistas, o ato de estudar é complexo, pois é responsável por envolver um gasto muito grande de energia física e mental.

Dessa forma, é comum você se sinta um esgotamento constante enquanto estuda, ou seja, desmotivação para estudar.

Esse esgotamento é responsável por gerar o estresse, e desenvolverá uma desmotivação para estudar intensa, o que acabará com a produtividade dos seus estudos.

Com certeza você já ouviu que toda ação tem uma reação, certo?

Então podemos dizer que se você gastar toda sua energia e não ter o cuidado de repor, com momentos de lazer, você ficará com uma alta carga de esgotamento e seus estudos serão prejudicados, em outras palavras, estará com desmotivação para estudar.

Por isso, mantenha seu corpo e mente revigorados.


Não deixe de conferir: Como ter Foco, Energia e Motivação ao Estudar para Residência Médica


Aprenda mais técnicas para aumentar a sua performance nos estudos e ficar preparado para as provas de residência!

Desmotivação para estudar


Aprenda a evitar o Estresse e o Esgotamento que leva a sua desmotivação para estudar.

aprenda como diminuir a desmotivação para estudar

Para evitar que o estresse te leve a desmotivação para estudar, é necessário considerar algumas técnicas que tendem a avaliar um pouco a mente e corpo.

Confira 7 dicas para evitar o Estresse e o Esgotamento que leva a sua desmotivação para estudar:

1- Relaxe

Depois de passar horas se dedicado aos estudos, certifique-se de fazer uma pausa e se concentrar na sua respiração.

A respiração consciente é uma ótima forma de:

  • se concentrar no presente
  • acalmar a ansiedade e o estresse
  • fazendo com que você relaxe

Aqui no Medcoach, os treinadores trabalham com a respiração de 7 tempos com nossos alunos, é uma das técnicas para trabalhar a ansiedade e o estresse.

Quer tentar?

O       Inspire lentamente, contando até 7 segundos;

o        Retenha o ar, por 7 segundos;

o        Expire o ar lentamente, por 7 segundos;

o        Mantenha-se vazio, sem ar, por 7 segundos, e reinicie o ciclo.

Repita cerca de 10 vezes e procure fazer os exercícios de respiração com os olhos fechados.

Deixe o seu corpo permitir esse momento de descanso deixando sua mente limpa e o corpo relaxado para não ter problemas com a falta de motivação para estudar.


2- Durma 

Percebeu que chegou a um estado de esgotamento total? Durma!

Não adianta querer ficar até altas horas estudando.

A falta de preparo e de concentração causada pelo sono são um grande agravante para o resultado nas provas de residência médica.

Você já deve ter ouvido muito sobre o assunto, mas é comprovado que dormir bem:

Melhora o aprendizado e aumenta a capacidade de absorção de conteúdo.

Isso acontece porque durante o sono, o nosso cérebro continua trabalhando, fixando as informações já aprendidas e gerando novas memórias.

É também durante esse descanso que ele compõe os nossos estímulos e emoções.

Inclusive, aqueles famosos cochilos após o almoço ou após uma aula, por exemplo, são ótimos para a memorização e estimulante para voltar as suas atividades assim que acordar.


Leia também: O sono é fundamental para os estudos


3- Faça pausas

Assim como estudar até tarde não é sinônimo de produtividade e rendimento, estudar ininterruptamente também não é.

Então, faça pausas para que sua mente descanse, mas cuidado para que as pausas não virem procrastinação viu?

Procure fazer pausas de no máximo 15 minutos, pois esse é o tempo que o corpo precisa para restabelecer as todas as suas energias, e a sua mente voltar ao normal e evita a sua desmotivação para estudar.


4- Estabeleça metas de curto prazo

Seja realista com suas metas de estudo, não coloque metas que sejam muito difíceis de serem alcançadas, pois elas só irão te frustrar.

E passará a acreditar que o problema de não assimilar os conteúdos está em você.

Sendo assim, estabeleça metas de curto prazo, metas que sejam possíveis de serem cumpridas. Mas e quanto as grandes metas?

Divida elas em pequenas etapas, não tente fazer tudo de uma vez só.


5- Pratique atividades físicas

Atividade física te proporciona uma saúde melhor, bem-estar, e igualmente alivia o estresse, evitando sua desmotivação para estudar.

Basta encontrar a que mais combina com você.

Manter-se ativo produz substâncias que auxiliam na concentração e na qualidade de vida.

Com o corpo no seu melhor estado, sua mente tem menos trabalho para se acalmar em momentos de estresse.


6- Fale com quem já foi aprovado

Uma ótima forma de manter ou aumentar a motivação, é falar com que já esteve no seu lugar e conseguiu realizar o mesmo que você.

Falar com um médico que está ou já passou pela residência médica servirá como um incentivo e te proporcionará uma certa experiência.

Afinal, essa pessoa já esteve no seu lugar, com as mesmas dúvidas e dificuldades, e pode te ajudar nesse momento de incertezas e fazer com que não tenha falta de motivação para estudar.

Se você não conhece alguém próximo à você, procure por grupos em redes sociais na internet, depoimentos de pessoas que conseguiram ser aprovados no concurso de residência médica.

E não se esqueça dos seus professores durante a faculdade, com certeza eles te darão uma grande força nessa fase.


7- Crie uma rotina de estudos

Quem você é na hora de estudar?

Aquele que tem um planejamento de estudos ou aquele que simplesmente senta e estuda o que vier pela frente a qualquer hora do dia?

Se você é o segundo tipo de pessoa, queria dizer que você está fazendo errado!

Portanto, conforme as provas de residência médica vão se aproximando, os candidatos que ainda não começaram a se preparar, começam a se desesperar.

E começam a buscar uma forma de recuperar o tempo perdido, tentando fazer de tudo para conseguir a aprovação, mas não é assim.

Você precisa de um cronograma de estudos personalizado, organizando melhor sua rotina e adequando os conteúdos que você precisa estudar.

Após fazer isso você vai notar que seus estudos vão render mais e seu tempo também e você não terá desmotivação para estudar.

Leia também: Como criar um cronograma de estudos para as provas de residência médica


8- Valorize o SEU método de estudo

Conforme já sabemos, é muito comum que os candidatos compartilhem seus métodos de estudo entre si.

A fim de ajudarem uns aos outros a conquistar o mesmo objetivo.

Salvo que, conhecer a forma como outros candidato estudam e até mesmo incorporar algumas sugestões ao seu método de aprendizagem pode ser até válido.

Mas você precisa lembrar de um detalhe importante:

O que funciona para o seu amigo, pode não funcionar para você.

Alias, sempre falamos isso aqui no Medcoach, o candidato precisa de um método personalizado de estudo, levando em consideração:

  • sua disponibilidade de horário
  • dificuldade com o conteúdo

Sendo assim, não fique tentando adotar um pouco de cada método, isso te deixará sem rumo e fará com que você não tenha falta de motivação para estudar.

Aproveite e assista ao vídeo sobre como ter mais energia nos estudos para residência médica!

Dessa forma, podemos concluir que você precisa entender e respeitar os limites da sua mente e do seu corpo.

Do contrario, você estará sempre desmotivado e não irá absorver o conteúdo.

Então, siga essas dicas e elime a falta de motivação do seu dia a dia.

E se precisar de ajuda pode entrar em contato com a nossa equipe de especialistas, eles estão prontos para te ajudar.

Um forte abraço, até a próxima. 

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube Twitter Linkedin

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL