banner desktop banner mobile

4 locais para fazer estágios não remunerados que valem a pena

4 locais para fazer estágios não remunerados que valem a pena

É possível encontrar estágios na área da medicina que não são remunerados e com pouca duração.

É muito interessante participar de um desses, porque além de acrescentar muito conhecimento o estudante acaba tendo um contato direto a rotina de várias áreas da medicina.

Veja 4 locais para estágio de medicina que, mesmo não sendo remunerados,  valem muito a pena:


4 Estágios não remunerados que valem a pena:

Hospital Sírio-Libanês

Primeiramente, temos o hospital Sírio-Libanês, em que sua base mais conhecida fica em São Paulo, além disso, ele é um dos hospitais mais famosos do mundo.

Seu programa de estágio é voltado para as pessoas que são acadêmicas de medicina.

Ele é um dos estágios não remunerados, em que o aluno vai poder acompanhar, como observador, como funciona a rotina do setor.

Sendo, dessa forma, supervisionado por um médico preceptor.

De forma que o estudante possa participar de várias atividades da área de medicina.

Como por exemplo, de reuniões científicas e discussões de casos.

O estudante também poderá entrar em contato com a vivência da profissão, nos meios teórico e prático.

Além de conhecer os principais e mais importantes conceitos do relacionamento entre médico e pacientes, que se baseiam no respeito, na comunicação efetiva e na cordialidade.

Para se candidatar a essa vaga é necessário mandar um pedido para o e-mail do Hospital Sírio-Libânes, que é:

estágios.iep@hsl.org.br e digitalizar os documentos e enviar junto com uma carta de apresentação em um papel timbrado e emitida pela instituição em que o candidato estuda, com as seguintes informações:

  • E-mail e telefone do estudante participante
  • Falar a área em que deseja atuar
  • O período em que deseja estagiar

De forma que é permitido a entrada de estudantes que estão, pelo menos, no 7º semestre do curso de medicina em graduação ou que estão fazendo residência.


SOBRAMFA- Educação Médica e Humanismo

Equivalente ao programa anterior, essa é outra instituição que oferece estágios não remunerados muito interessantes.

Igualmente, o estudante vai acompanhar os professores da instituição em práticas diárias.

Sendo essas, atuar em hospitais, lidando com cuidados paliativos e clínicas médicas, visitas domiciliares e casas de repouso.

Dessa forma, o aluno verá de perto como funciona a rotina médica, focada na pessoa e não na doença.

Diferente do estágio anterior, esse é mais abrangente, e é voltado para estudantes de medicina que estejam cursando do 1º ao 6º ano da graduação.

Como esse estágio não remunerado funciona?

Ele acontece em São Paulo capital, nos locais em os médicos da SOBRAMFA atendem. Normalmente esse estágio dura de uma até duas semanas.

Porém, para aqueles que podem fazer um estágio eletivo na época do internato, podem optar pelo estágio mensal.

Logo que começar, o estudando vai receber uma grade com as atividades que ele vai desempenhar, de acordo com o período em que ele vai estagiar.

Durante essas semanas, o estudante vai aprender:

  • Como atuar em equipes que fazem os cuidados paliativos
  • Como aprimorar a comunicação entre pacientes e médicos
  • Técnicas para entrevista médica
  • Como trabalhar bem em equipe
  • Como entender o paciente
  • Como lidar com as doenças crônicas
  • Cuidar do paciente que está internado no hospital
  • Fazer visitas domiciliares aos pacientes
  • Observar como funciona a rotina de médicos que estão sempre prezando por um atendimento humanizado.

Atividades teóricas e práticas

As atividades teóricas que os estudantes vão participar são:

  • discussões dos casos clínicos e de artigos científicos;
  • participação das reuniões para discussões, salvo que estas são conduzidas pelos próprios estudantes;
  • reunião mensal, se coincidir com as semanas do estágio, de humanismo e educação médicas.

Já as atividades práticas vão consistir em ambulatório, que é o acompanhamento dos pacientes no ambulatório, de forma que faça a construção de vinculo, tratamento de vários problemas e prevenção de saúde.

Assim também, nesse estágio o aluno tem práticas em visitas domiciliares, com a finalidade de atender médias e altas complexidades na casa do paciente, assim como desenvolver essa habilidade de fazer visitas nos domicílios e ver o relacionamento familiar.

Além disso, Geriatria também faz parte das atividades práticas, assim como cuidados paliativos, que tem foco no cuidado de pacientes que não tem como fazer terapia, discutindo sobre a morte, dando notícias difíceis e lidando com tratamento de sintomas e incapacidades.

Posteriormente, são realizadas também visitas todos os dias aos pacientes que estão hospitalizados.

Salvo que os alunos vão acompanhar um médico da SOBRAMFA em cenários diferentes a cada dia da semana.

Com o propósito de poder conhecer as rotinas de diferentes locais de atuação.

Entretanto, o estudante pode utilizar seu próprio estetoscópio e deverá estar usando branco, podendo ser tanto a roupa quanto o jaleco.

Em resumo, o horário do estágio acontece da seguinte forma:

Nas segundas-feiras é a partir de 12:30 horas e nos outros dias da semana, começam às 8 horas e terminam às 17 horas.

No término das semanas do estágio há a entrega de um certificado.

O estágio é de pouca duração, porém pode ser feito mais de uma vez.

Para isso, basta fazer o agendamento e fazer o processo de envio de documentos para poder realiza-lo novamente.


Instituto de Medicina Tropical

Igualmente aos anteriores, esse instituto também promove estágios não remunerados na área da medicina.

Para poder realizar esse estágio, é preciso que o estudante seja aprovado pelo supervisor dos laboratórios do Instituto de Medicina Tropical que a faculdade em que estude seja conveniada como o IMT.

Portanto, é necessário entrar em contato com o coordenador ou setor de estágio para saber se há convênio e, caso exista, é preciso procurara Divisão Técnica do Instituto de Medicinal Tropical.

Em seguida, enviando um e-mail para estagiosimt@gmail.com, informando seu nome, um e-mail e telefone, qual semestre você se encontra, em qual instituição estuda, em qual laboratório do Instituto de Medicina Tropical você quer estagiar e qual a carga horária do estágio.


Você sabia que priorizando e fazendo análises dos hospitais e provas que irá prestar, você economiza dinheiro e energia?


Hospital Pequeno Príncipe

Localizado em Curitiba, o Hospital Pequeno Príncipe é muito conhecido, principalmente, pelos seus atendimentos a crianças.

Assim como uma das instituições com um dos melhores estágios não remunerados.

Esse hospital tem vários programas de estágio, especialmente na área de pediatria.

É necessário ficar de olho no site para conseguir uma vaga, já que elas não ficam abertas o ano todo.

Vale muito a pena ingressar nesse estágio se você deseja acompanhar mais de perto, a rotina de um pediatra.


Vale a pena realizar estágios não remunerados?

Realizar estágios na área de medicina vão contar bastante no seu currículo e na vida do estudante, mesmo que sejam estágios não remunerados.

Ele vai poder acompanhar várias áreas e escolher melhor qual é de seu real interesse.

Vai poder praticar todas as coisas que já aprendeu e, ao mesmo tempo, aprender muitas outras coisas interessantes.

Além disso, vai ter a oportunidade de crescer não só como profissional, mas também como pessoa ao acompanhar os pacientes.

E se precisar de ajuda pode entrar em contato com a nossa equipe de especialistas, eles estão prontos para te ajudar.

Um forte abraço, até a próxima. 

Siga-nos nas redes sociais e receba sempre novidades e dicas super importantes: Facebook, Instagram, Youtube Twitter Linkedin

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL