banner desktop banner mobile

O que você aprende fazendo provas antigas de Residência?

O que você aprende fazendo provas antigas de Residência?

Antes de ingressar na tão sonhada faculdade de medicina, muitos tiveram que se dedicar intensamente para conseguir uma vaga em um dos cursos mais concorridos do país.

Finalizada a primeira etapa, agora é hora da próxima batalha: conquistar uma vaga para realizar a especialização.

O concurso traz provas extensas e divididas em três etapas, e a concorrência também não é moleza. Em certas especialidades, como Pediatria ou Neurologia, a concorrência é mais alta que a encarada para ingressar na Universidade! Essas provas são um grande pesadelo para os formandos e recém formados em medicina. Muitos estudantes as consideram como um segundo e ainda mais intenso vestibular.

A primeira parte da prova de Residência é teórica e/ou prática, tudo vai depender da instituição. Feito isso, entra então a fase de avaliação acadêmica e profissional. Por fim há uma entrevista cara a cara com a banca avaliativa.

Geralmente, pede-se que o médico tenha alguns anos de atuação, para ganhar prática e assim obter um bom desempenho na prova. Essa experiência pode ser adquirida por meio de estágios durante o período acadêmico, por exemplo.

Mesmo sabendo que é necessário se preparar, a grande dificuldade dos candidatos é criar estratégias de preparação. A prova abrange um conteúdo extenso, que requer dedicação e foco para ser absorvido e totalmente estudado, e muitos candidatos acabam se perdendo no caminho.

Para se ter uma noção mais ampla, alguns estudantes passam a se dedicar ao programa de residência médica, ainda na faculdade por saberem da complexidade dos exames e da necessidade de se preparar.


Para lhe ajudar a não perder essa batalha das provas, trouxemos algumas dicas que você deve seguir para obter melhoria de performance em seus estudos.

Neste conteúdo você vai saber mais sobre:

Não existem truques de mágica para prova de residência médica

Organize sua rotina para as provas de residência médica

Use as provas de residência médica antigas

Procure por provas de residência médica comentadas

Cursos preparatórios para residência médica

Atenção ao edital da prova de residência médica

Pratique bastante para as provas

NÃO EXISTE TRUQUE DE MÁGICA PARA PROVA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

Antes de entrarmos nas dicas, é importante ressaltar que não há nenhuma mágica ou milagre envolvido na sua performance. O desempenho dos candidatos depende integralmente da dedicação depositada sobre o objetivo de passar na residência.

O estudante terá que estudar muito e se esforçar como nunca para conseguir uma boa colocação, assim como foi feito no vestibular. Neste ponto entram fatores como organização e planejamento.  Somente com foco nesses aspectos será possível estudar todo o conteúdo necessário, revisá-lo e ainda praticar com algumas provas.

ORGANIZE SUA ROTINA PARA AS PROVAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA

É o primeiro passo para que você consiga estudar de maneira adequada.

Mesmo para quem está na faculdade ou em período de estágios, e já entendeu como a vida de médico é corrida, é possível ter organização e dedicar um tempo para estudar. Analise os seus horários livres, os dias da semana em que tem uma folga maior e organize seus estudos. Dentro dessa rotina estabelecida,  coloque dias para aprender um novo conteúdo, outro para revisão e mais um para a resolução de exercícios, que ajudam a fixar o que está aprendendo.

USE AS PROVAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA ANTIGAS

Essa técnica é fundamental para se habituar com a estrutura do exame, aprender sua linguagem e compreender um pouco mais sua lógica. Você pode pegar uma prova de edições anteriores e tentar resolvê-la, com isso, é possível enxergar onde estão suas dificuldades e quanto tempo você está dedicando para cada questão.

Aproveite para criar seu método para resolução da prova. Ter uma sequência para a resolução vai ajudar bastante a se preparar para o momento em que a “verdadeira prova” estiver na sua frente.

DICA MEDCOACH: Pegue as provas que você vai fazer como um teste e faça a leitura completa delas antes de resolver. A leitura já ajuda a sua mente a buscar as respostas para certas questões, e vai servir para identificar quais serão as etapas que vão lhe trazer mais dificuldades.

PROCURE POR PROVAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA COMENTADAS

Assim como acontece com as provas dos vestibulares, existem diversos profissionais experientes que fazem a resolução comentada das provas, apontando cada solução. Esse exercício produz um conteúdo rico e que você não pode dispensar. Ler a resolução comentada ou assistir a um vídeo com a resolução é uma ótima forma de aprender, tirar dúvidas e se preparar ainda mais.

Se você não encontrar  a prova resolvida, a solução pode estar em fóruns e debates, onde outros estudantes, professores e residentes estarão comentando sobre as questões, tentando chegar em uma resposta e uma justificativa para a escolha. Vale a pena acompanhar essas discussões.

CURSOS PREPARATÓRIOS PARA RESIDÊNCIA MÉDICA

Assim como na época pré-vestibular, os cursinhos são uma ajuda muito bem-vinda nesta etapa de sua vida. Eles são uma boa ferramenta para reforçar os conteúdos em sua mente. Existem modalidades presenciais ou a distância, veja qual se apresenta como melhor opção para sua rotina e, se possível, invista em um cursinho, ele será de grande valia.

Nos cursinhos preparatórios, o foco é no conteúdo da faculdade, dando prioridade ao que, normalmente, dá as caras nas provas.

Por ter contato com outras pessoas, você consegue compartilhar conhecimento e tirar dúvidas com professores, tanto sobre os assuntos da aula quanto com os conteúdos estudados por conta.

Mesmo que não consiga participar de um cursinho, procure pelas apostilas que eles utilizam nas aulas, elas trazem um rico conteúdo e que pode ser bem aproveitado.

Aprenda a como não perder o foco nos estudos e ficar totalmente preparado para as provas de residência!

ATENÇÃO AO EDITAL DA PROVA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

Pode parecer que não, mas o edital traz grande respostas para você em relação ao conteúdo. Muitas instituições disponibilizam uma lista de conteúdos que estão programados para cair na prova, e de quebra algumas instituições fornecem uma lista com referências bibliográficas.

Com essas informações em mãos, você terá ainda mais respaldo para os estudos, além de saber quais são os conteúdos exigidos pelo concurso (o que poupa o esforço de estudar algo que não possui relevância para a prova).

Normalmente, o conteúdo tem base nas cinco grandes áreas da medicina: pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica médica, cirurgia geral e medicina social. As referências, tal como as perguntas, são embasadas nestas áreas.

PRATIQUE BASTANTE PARA AS PROVAS

Uma das formas mais fáceis de melhorar a seu desempenho é através da prática. Se você está na faculdade, provavelmente deve estar passando também pelos estágios, e eles são uma ótima fase a ser aproveitada, sobretudo para praticar seus conhecimentos. Será importante não apenas para a prova de residência médica, mas também para o seu futuro como profissional.

E como os concursos estão adotando cada vez mais os conhecimentos práticos, é interessante ter essa vivência antes da prova. E seu currículo também melhora com a prática! Não se esqueça que haverá uma análise em cima disso.

Em geral, as questões que aparecem na parte prática da prova não fogem do que você verá como estagiário. Normalmente elas são relativas a atendimento, procedimentos e tudo que engloba o cotidiano do médico, nada fora do comum. Aproveite esse momento e absorva o máximo que puder dele, porque fará grande diferença lá na frente.

Essas são algumas das melhores formas de preparar para as provas de residência. Sem dúvida é preciso estudar e praticar bastante para colher um bom desempenho. Se você sente que precisa dar um guinada no seu desempenho para chegar nas provas preparado, não deixe de considerar ajuda de profissionais preparados em alta performance de estudos! Aqui no Medcoach estamos há 10 anos encarando desafios e auxiliando candidatos a obter a tão sonhada aprovação na Residência!

passar na residência médica

Gostou deste artigo? Então deixe o seu comentário aqui embaixo e veja outros conteúdos que provavelmente você irá gostar!

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL