banner desktop banner mobile

Como Funciona a Residência Médica 2017 na Unicamp

Como Funciona a Residência Médica 2017 na Unicamp

Como funciona a residência médica 2017 na Unicamp? (FCM) Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, por ser um instituto muito conceituado e nomeado em todo o país, é uma das poucas faculdades que oferece 46 especialidades de residência médica.

Como todos sabem uma residência médica é extremamente importante para a vida e para a carreira de um pós graduando em Medicina, por isso, precisa ser muito conceituada e oferecer sempre o melhor para cada participante.

Pensando neste conceito e em oferecer o melhor para os pós – graduandos a Unicamp juntamente com a Comissão de Vestibulares da Unicamp – Comvest – elaborou um novo esquema de residência médica.


Veja Como Funciona a Residência Médica na Unicamp 2017

A residência médica da Unicamp tem como modalidade o ensino de pós – graduação lato sensu, diretamente destinada a médicos, de maneira que participam de cursos de especialização através de treinamentos e serviços com carga horária de 60 horas por semana.

Este sistema de curso de especialização funciona sob responsabilidade de várias instituições de saúde, sendo universidades, hospitais entre outros e também, sob o auxilio e orientação de profissionais qualificados.

A Comissão de Residência Médica – COREME – organizadora de todos os princípios deste conceituado curso de especialização tem como finalidade principal aperfeiçoar o desenvolvimento de todos os Programas de Residência Médica que são oferecidos, contando sempre com a faculdade, os coordenadores, residentes e também com o Hospital de Clinicas da Unicamp entre outros.

Essas informações que citamos acima são apenas algumas de como funciona a residência médica 2017 na Unicamp, porém, abaixo mostraremos mais detalhes para que você não tenha nenhuma dúvida sobre este assunto.

A residência médica da Unicamp oferece 46 especialidades, 31 áreas de atuação e 6 programas de anos adicionais, todos eles credenciados junto à CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica).

Entre todas as especialidades estão: anestesiologia, cirurgia geral, clinica médica, dermatologia /compromisso social, genética médica, infectologia, medicina de emergência, medicina de família e comunidade, medicina do trabalho, medicina nuclear, medicina preventiva e social, neurocirurgia, neurologia, obstetrícia e ginecologia, oftalmologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, patologia, patologia clinica/ medica laboratorial, pediatria, psiquiatria, radiologia e diagnóstico por imagem e radioterapia.

Além dessas, tem também cardiologia, cancerologia clinica, geriatria, pneumologia e outras da área de atuações clínicas, ainda tem atuação cirúrgicas, atuação pediátricas, atuação em transplantes e especialidades em pré – requisitos.

O ingresso na residência implica o compromisso do candidato selecionado, após o término da especialização, se matricular em uma pós graduação da FCM/UNICAMP, com desenvolvimento de projetos e pesquisas, atuando com a graduação em medicina na Universidade Federal de Maranhão, Campus de Imperatriz.

Os ingressados no Programa de Residência Médica na Unicamp recebem remuneração mensal, porém esta é inferior a dois salários mínimos.

Para ingressar na residência médica da Unicamp é preciso que o pós – graduando faça um processo seletivo, o qual irá determinar se o mesmo é capaz ou não de participar da especialização.

Este processo seletivo é dividido em 3 fases com provas todos os dias.

A primeira fase possui questões relacionadas às áreas básicas de cirurgia geral, clínica médica, obstetrícia, ginecologia, medicina preventiva e social e pediatria.

A segunda fase terá natureza prática e será baseada em situações clínicas simuladas nas áreas que citamos na primeira fase.

Já a terceira fase constará com a análise e arguição do curriculum vitae que o interessado irá apresentar no dia da prova e será realizada por uma comissão elegida pelo departamento de disciplina correspondente.

Os interessados em participar da residência médica na Unicamp deve se esforçar ao máximo e por muitas vezes ficar noites e noites sem dormir, afinal de contas se trata de um processo seletivo em uma faculdade federal.

Então se você está cursando medicina, já fez o seu estágio e agora esta pensando em fazer uma residência médica, entre em contato com a Unicamp e saiba como funciona a residência médica 2017 na Unicamp.

Garanto que você não vai se arrepender.

Agora que você já sabe como funciona a residência médica 2017 na Unicamp, está na hora de começar a se preparar e se especializar na área pela qual você tem mais prazer e mais dedicação.

A especialização é a uma das melhores partes para quem quer ser um bom profissional.

Você sabia que priorizando e fazendo análises dos hospitais e provas que irá prestar, você economiza dinheiro e energia?

Gostou deste artigo? Então deixe o seu comentário aqui embaixo e veja outros conteúdos que provavelmente você irá gostar!

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL