Estudei muito, mas não passei na prova de residência e agora?

Estudei muito, mas não passei na prova de residência e agora?

O concurso de residência médica é um dos principais focos e objetivos dos alunos de medicina, mas e quando a pessoa não possui um rendimento que é considerado ideal em uma prova e acaba sendo recusado na residência e se faz aquela pergunta:

Não passei na prova de residência e agora?

É difícil, mas acredite não será o fim da sua “futura” carreira médica.

Se tem a pretensão de se tornar o médico especialista pode focar em outras opções, e até voltar a estudar para fazer novamente a prova de residência médica.

Você passou meses ou até mesmo anos se dedicando aos estudos e não conseguiu passar na prova de residência médica?

É um momento triste ou até mesmo complicado onde muitos questionam a sua escolha de se tornar um médico.

Mas calma, não passar no concurso de residência médica deve ser encarado como uma mudança de planos e não como o fim de um sonho de se tornar um médico.

Se isso ocorreu saiba que existem as alternativas.

Não passar na prova de residência médica não é o fim da sua oportunidade de se tornar um médio especialista.

Pelo contrário, quando não consegue a nota ideal desejada no concurso pode ter acesso há um novo mundo com a variedade de opções que vão permitir que você crie forças necessárias para se reerguer e continuar a busca pelo sonho de se tornar um bom médico.

E isso não é apenas para lhe animar, existem opções bem além da residência.

Veja abaixo algumas opções que podem te ajudar a superar o resultado não obtido na prova de residência médica e ainda assim se tornar um médico admirado.

> Você pode focar nos cursos de especialização

Se você não passar na prova de residência médica não se desespere, não é o fim.

Você pode procurar por cursos de especialização que possuem a alta qualidade e ainda são validados por Sociedades de Especialidades.

Se tem o desejo de se tornar um especialista essa tende a ser uma a opção relevante, mas saiba que a maioria dos cursos de especialização são pagos e o melhor é que muitos dos cursos são valorizados até mais que a residência médica.

> Você pode prestar um concurso público

Pode ser que essa não seja a sua opção mais desejada, mas caso precise de um plano “B” nada melhor do que cogitar a possibilidade de se inscrever no concurso público para assumir cargos e funções distintas que te oferecem a experiência e vivência em áreas distintas.

Um concurso público permite que a pessoa encontre cargos e funções do qual vão lhe oferecer conhecimento, além de desenvolver habilidades que a residência médica pode não focar.

Gostou deste artigo? Então deixe o seu comentário aqui embaixo e veja outros conteúdos que provavelmente você irá gostar!

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL