banner desktop banner mobile

Qual especialidade médica escolher? – Fatos e verdades #1

Qual especialidade médica escolher? – Fatos e verdades #1

Não deixe seu sonho de lado. É hora de decidir ser médico especialista!

Decidir ser médico especialista abrirá muitas portas para você, como por exemplo, poder atuar na área da medicina que você mais se identifica.

Mas, e se você ainda não decidiu sua especialidade médica?

Podemos te ajudar com isso, confira esse material exclusivo sobre definição da especialidade médica:

Mas, se você já atua no mercado a um tempo como generalista, não ache que é tarde para decidir ser um médico especialista!!

Tomar essa decisão depois de já estar formado, não é mesmo fácil. Mas o que você precisa fixar em sua mente, é de não desistir do seu sonho.

Existem obstáculos para essa tomada de decisão. Mas acredite, as vantagens de se tornar médico especialista são muito maiores.

Neste artigo em vídeo, você vai conferir tudo o que você pode conquistar e os benefícios por alcançar o seu sonho.

Além disso, terá o passo a passo para que a escolha da sua especialidade seja mais assertiva e os próximos passos para colocar em prática a sua decisão!

É só apertar o PLAY e conferir!


Se preferir, confira o conteúdo do vídeo aqui abaixo:

Sejam bem-vindos a série que foi feita exatamente para você, que já é formado e pensa, ou já pensou em fazer residência médica!

Antes de tudo, o que você precisa saber: nunca é tarde para decidir ser médico especialista!

Agora que você já é graduado, sua rotina provavelmente está focada mais no trabalho de rotina ou em plantões, não é mesmo?

Independente do motivo que você seguiu esse caminho. Se foi para levantar uma grana mais rápido, para ter mais experiência da prática médica ou por não ter certeza do que fazer depois de formado, você precisa saber que viver dando plantões ou trabalhando rotineiramente nos PSs, vai te deixar exausto logo logo!

E isso certamente vai minar sua autoconfiança e te fazer pensar em desistir de se tornar especialista, por achar que fica muito mais difícil conciliar rotina de estudos com uma rotina desgastante de trabalho.

Quando o assunto envolve autoconfiança e tomada de decisão, inicia um dilema: quem deve vir primeiro? A autoconfiança para tomar a decisão, ou a decisão para então fortalecer a autoconfiança?

Muita gente não sabe como lidar com este dilema.

Mas não é o nosso caso. Pois ajudamos mais de 15 mil médicos nos últimos anos a definirem de uma vez por todas suas carreiras.

E a resposta certa é que, primeiro você toma a decisão do que você quer para sua vida, e depois fortalece sua autoconfiança para conseguir
chegar lá.

Por isso, continue focado neste artigo, para que você tenha mais clareza e consiga tomar sua decisão de forma clara e definitiva sobre ser um médico especialista.

Qual o melhor momento para decidir ser médico especialista?

Dizem que o melhor momento para escolher qual especialidade seguir, é ao final do curso de medicina.

Pois é quando o estudante acabou de passar por todas as áreas no internato, onde reuniu teoria e prática próximo dos professores, começando a experimentar e viver o dia a dia da profissão.

Mas isso pode ser uma meia verdade.

Porque tem gente que realmente consegue definir sua especialidade neste período.

Mas a grande maioria ainda tem muitas dúvidas, já que a carreira médica tem atualmente quase 60 possíveis especialidades.

Além disso, aproveitar o gancho da graduação para já ingressar na residência médica, traz uma vantagem, pois já está habituado às longas rotinas de estudos conciliadas às atividades do internato.

Então não terá tanta dificuldade para se adaptar com uma rotina de estudos e preparação para as provas de residência médica.

Mas, por outro lado, muitos dos estudantes ainda não possuem o amadurecimento pessoal necessário para tomar uma decisão de forma mais assertiva sobre a escolha da especialidade.

Vantagem de decidir ser médico especialista:

E aí que entra a primeira grande vantagem que médicos formados tem diante dos estudantes na hora de decidir ser médico especialista!

Por já estarem atuando como médicos generalistas, tem contato prático e muitas vezes diário com mais áreas da medicina, possibilitando ter mais informações sobre as especialidades e sua rotina de trabalho.

Isso pode ajudar bastante na definição do seu futuro na carreira médica.

Mesmo que não se aprofunde tanto nas especialidades, já terá um conhecimento muito maior para saber os pontos positivos e negativos de cada uma, e por isso podem ser mais assertivos na definição da especialidade.

Obstáculos a serem enfrentados:

Enfim, nós sabemos que existe uma outra dificuldade e que é ainda maior.

Pois, depois de formado, você naturalmente se desacostuma daquela rotina maluca de estudos.

E isso certamente será um obstáculo para você recuperar o ritmo e conciliar uma nova rotina de estudos e trabalho.

Outro ponto que pode pesar na decisão de fazer residência médica, é a remuneração.

A princípio, ela pode ser relativamente baixa dependendo da instituição que você passar, e talvez seja mais difícil conseguir se virar com um bolsa bem aquém do que você conseguiria trabalhando em plantões.

E além de estudar para prestar a residência médica, o candidato deve se dedicar totalmente às provas, se empenhar para ter o máximo de informações sobre a área escolhida, conhecer bem as instituições que deseja prestar. O que pode ser mais um empecilho para decidir ser médico especialista, que já tem uma rotina mais ativa de trabalho.

Mas calma. A nossa intenção aqui não é te desmotivar ou te assustar.

Muito pelo contrário. Queremos te mostrar que dá sim para você se tornar especialista depois de um tempo de formado.

Pode ser que você esteja se perguntando:

“Mas realmente vale a pena me dedicar assim para me tornar um médico especialista?”

Depois de algum tempo com rotina de plantões, você vai acabar chegando a exaustão.

Sabemos disso pelo grande volume de médicos e médicas que nos procuraram com esse problema de insatisfação profissional, desmotivação com a medicina, excesso de estresse e até situações mais delicadas de médicos querendo desistir de se especializar em alguns casos, até com patologias psicológicas mais graves.

E as reclamações são sempre as mesmas: não aguentam mais dando plantão.

Querem uma rotina mais regrada, com horários mais definidos. Além de estarem buscando mais reconhecimento profissional e melhor remuneração.

Não sentem-se médicos só fazendo atendimentos mais simples e, por isso, não conseguem ser resolutivos. E por aí vai.

É por isso que se tornar médico especialista te traz muitas vantagens.

Mais vantagens para decidir ser médico especialista:

Como te permitir ter uma abrangência de oportunidades profissionais maior, já que estará mais qualificado e especializado em uma área.

E ainda assim, pode continuar atendendo como generalista. Muitos fazem isso, ou porque gostam, ou para complementar renda.

Outro ponto positivo é que sendo um médico especialista, sua remuneração vai aumentar consideravelmente, quando comparado com a mesma carga horária de um generalista.

E assim como em qualquer outra área profissional, na medicina a remuneração sempre aumentará de acordo com o quanto mais especialista e resolutivo você for.

Mas vamos deixar claro que o assunto remuneração é muito variado
quando se tratamos de um pais continental como o Brasil.

Portanto, uma boa pesquisa de mercado é de extrema importância, para que você defina qual local deste país você será mais bem recompensado profissionalmente.

Claro que a remuneração também não é tudo. Com um conhecimento mais aprofundado na especialidade que escolher , certamente você também conseguirá:

1- tomar melhores decisões.

Já que não existe um manual exato dizendo o que fazer com cada paciente, cada caso é um caso.

E todos os dias você precisará tomar decisões e em alguns casos assumir uma dose de risco. Neste processo decisório quanto mais conhecimento específico você tiver mais resolutivo será.

2- Se sentir mais seguro.

Por ter passado mais 2 anos, no mínimo, de prática aplicada junto com médicos mais experientes na residência médica, passando por um número tão grande de situações.

Você será mais seguro pelo conhecimento teórico e prático adquirido, e tomará decisões mais rápidas. Além de ficar mais tranquilo ao tratar de casos mais complexos.

3- Você terá mais oportunidades.

Já que a residência médica pode ser uma ponte entre você e uma rede de relacionamento profissional de especialistas que hoje você talvez não tenha, e este aumento do seu networking certamente abrirá mais portas profissionais na sua especialidade.

4- Receberá mais reconhecimento e Credibilidade.

O título de especialista te enaltece como profissional e te coloca em um patamar superior na área médica, tanto para outros profissionais como para seus pacientes.


Viu só quantos benefícios você pode ter?

Acho que agora você pode estar começando a pensar que sim, vale a pena!

E outro ponto importante, é que o ser humano deveria sempre se lembrar que nunca se deve desistir de um sonho.

Pois, seu inconsciente mais cedo ou mais tarde vai te cobrar isso.

Então adquira o hábito de manter seus sonhos fixos em sua mente!

E se necessário, só estique um pouco o prazo para conquistá-los.


Definir sua especialidade de forma mais assertiva

Agora é hora de ir para a próxima etapa.

Que é qual o melhor caminho para fazer uma escolha muito mais assertiva da especialidade. É só seguir alguns passos.

Como sabemos, são várias as áreas de atuação dentro da medicina. E ai você precisa ter total clareza para não acabar escolhendo uma especialidade que não combina nada com você.

O primeiro passo para conseguir fazer uma escolha mais assertiva é:

Descobrir qual área da medicina combina mais com sua personalidade e com o tipo de rotina que você deseja ter.

Você pode fazer isso avaliando as áreas que mais gosta e pensando na qualidade de vida que essa especialidade te proporcionará.

Uma forma de fazer essa avaliação, é conversar com outros médicos que já optaram e são especialistas, atuando há algum tempo nelas.

O segundo passo é pensar na remuneração.

Ela também é um fator importante.

Pense se essa especialidade vai trazer as expectativas monetárias que deseja.

Busque informações sobre isso para depois não ter uma decepção.

O terceiro passo é você saber o tipo de paciente e rotina que quer trabalhar.

Pense se você se sentirá confortável ao lidar com os pacientes e casos de cada uma das especialidades pré-selecionadas.

E um quarto passo é:

Conhecer as instituições e localidades onde você passará pela residência
médica, para saber se a sua escolha é condizente com o seu perfil.

Recapitulando:

Passo 1: Faça uma pré seleção de especialidades de acordo com seu perfil;

Passo 2: Avalie a remuneração de cada uma delas;

Passo 3: Reflita se te agradam os pacientes e rotina profissional destas especialidades;

Passo 4: Analise se as instituições e locais são condizentes com seu perfil.

E depois de passar por estes passos, já estará mais próximo da sua decisão sobre a especialidade.

Também é sempre bom lembrar que este processo de auto avaliação profissional, é importantíssimo durante toda sua carreira médica, para se atualizar e se destacar no mercado.

Inclusive avaliando a necessidade de investimentos em cursos complementares da medicina como:

Cursos de acolhimento, humanização do paciente, gerenciamento de estabelecimentos de saúde, gestão de pessoas e outros cursos que podem fortalecer seu currículo e te colocar à frete, te transformando em um profissional mais completo.

Uma vez realizada sua escolha quanto a especialidade médica que quer fazer residência, a etapa seguinte é simples!!

Decida quando vai começar a residência!!

Simplificando, defina que será no dia Primeiro de Março! E aí você só escolhe o ano de sua preferência.

Em seguida, a partir da definição da data é que você vai para o passo de definir como vai conseguir chegar lá.


Perceba que tudo isso é um processo.

Primeiro você definiu a longo prazo qual tipo de especialista vai ser.

Depois definiu a médio prazo quais são suas opções de locais para fazer residência médica.

Em seguida definiu a data que vai começar sua residência.

E o último passo: agora é traçar um plano de ação para alcançar o seu objetivo.

Este plano vai te exigir uma boa dose de disciplina, mudança de rotina, força de vontade e muita atitude durante um ano de preparação para conquistar sua vaga.

Claro que cada pessoa tem o seu tempo e suas necessidades, por isso é importante traçar um plano que seja desafiador e ao mesmo tempo possível de ser realizado.

Lembre-se de nunca desistir de seus sonhos!

E se for necessário um pouco mais de tempo, faça um planejamento de estudos de 2 anos, ou de 18 meses. E siga em frente.

O importante é ter seu objetivo definido, o plano de ação descrito e depois seguir até chegar lá.

Ser especialista vai ter um impacto muito grande na sua vida como médico e é por isso que nós, do Medcoach, queremos ver você chegar lá!

Um de nossos programas e totalmente focado na definição de objetivos e de sua especialidade médica.

DEM (Definição de Especialidade médica)

O programa DEM é, portanto, voltado para estudantes de medicina e médicos formados, que querem decidir de maneira assertiva em qual área da medicina desejam se especializar, considerando seus principais talentos, habilidades e anseios pessoais e profissionais.

Dessa forma, nele sera trabalhado, portanto, a lei da tripla convergência, com a finalidade de encontrar o ponto exato entre paixões, talentos e recompensas, diminuindo os riscos de uma decisão desalinhada ao seu perfil que comprometa o seu futuro.

Diferenciais:
  • Clareza dos principais talentos e habilidades;
  • Identificação de especialidades mais alinhadas ao seu perfil;
  • Direcionamento profissional;
  • Minimização de riscos no processo de escolha;
  • Visão refinada de futuro profissional;
  • Segurança para tomada de decisão;
  • Desenvolvimento de foco – fator indispensável para motivação e engajamento nos estudos;
  • Por fim, acompanhamento individualizado realizado por profissionais psicológicos especialistas em carreira médica.

⇒ Leia também: O que é o DEM – Definição de Especialidade Médica? e O que é o Medcoach Acelerado + DEM?


Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho? Entre em contato com nossa equipe de especialistas e tire suas dúvidas, clique aqui e fale eles.

Quer conhecer nossos programas antes? Para conhecê-los clique aqui e confira, eles certamente irão te ajudar.

Que tal ter acesso aos nossos conteúdos exclusivos?

Siga-nos na sua redes social favorita e receba sempre novidades e dicas sobre residência médica e preparação para as provas:

Facebook, Instagram, Youtube, Twitter, Linkedin, Pinterest, Telegram

Por fim, um forte abraço, até a próxima.

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL