banner desktop banner mobile

[Vídeo 10] Marcio entrevista Dra. Flavia Maciel – Parte 1

[Vídeo 10] Marcio entrevista Dra. Flavia Maciel – Parte 1

Desde o início da série Universo Médico, você tem acompanhado conteúdos ricos e dicas do Medcoach sobre o mundo da medicina em nosso país, as dificuldades encontradas por médicos na preparação para a residência médica e a importância de buscar as soluções dos problemas no lugar certo.

Nesta semana, temos um vídeo muito especial. Tivemos a honra de entrevistar a Dra. Flavia Maciel, que é ginecologista e obstetra, e contou para nós sobre a trajetória da vida dela na medicina, desde a escolha da especialização, o percurso da carreira na especialidade escolhida e como ela chegou até aqui.

Um caso real e de sucesso para que você, médico, se inspire na trajetória da Dra. Flavia, rumo ao seu objetivo, a residência médica!


Aperte o PLAY e confira tudo que ela nos contou.

Vá direto para o que te interessa! Confira abaixo os temas abordados em cada minuto do vídeo:



» 00:01 até 00:31 – Conheça a Dra. Flavia Maciel.

» 00:32 até 02:44 – A escolha da especialidade.

» 02:45 até 03:39 – Conciliação da rotina e estudos para a residência médica.

» 03:40 até 05:43 – Como foi a trajetória na residência médica.

» 05:44 até 09:42 – A importância de ter certeza da localização que vai fazer a residência médica e as experiências obtidas nessa fase.

» 09:43 até 15:23 – Impacto da especialidade na vida.

» 15:24 até 16:25 – Influencia para outros médicos.

» 16:26 até 17:46 – Como se tornou referência na área.


Ou confira o conteúdo do vídeo, abaixo:

A Dra Flavia Maciel abriu seu consultório para nós com a missão de nos ajudar a entregar sempre o melhor conteúdo para vocês médicos. 

É sempre muito bom termos alguém para nos espelharmos, e a Dra Flavia é um ótimo exemplo de perseverança, foco, disciplina e força de vontade. 

Temos certeza que você vai aprender muito com a história dela. 

A Flavia, é formada a 18 anos, pela Universidade Federal do Espírito Santo, e fez residência médica em ginecologia obstetrícia na USP Ribeirão Preto entre 2000 a 2003.


Descobrindo sua especialidade 

Quando entrou na faculdade, Flavia queria ser cardiologista!

Todo seu currículo e preparação extra-curricular foi pensada para Cardiologia, e isso inclui estágio e seu trabalho científico.

Mas quando passou pelo estágio da ginecologia obstetrícia, no quinto ano e meio da graduação, ficou completamente apaixonada e resolveu mudar de área.

Foi atrás de plantões e estágio em maternidade e fez vários trabalhos científicos com professores.

Sua maior preocupação sempre foi adquirir o máximo de bagagem até chegar na residência médica, principalmente sobre a especialidade que ela escolheu a não muito tempo.

Flavia cresceu bastante dentro da área de ginecologia no último um ano e meio da faculdade.


A escolha do programa de residência 

Na hora de escolher seu programa de residência médica, a Flavia pesquisou bastante sobre os programas e viu que no interior de SP estavam as melhores, e percebeu que a USP RP era a melhor de todas.

Passou o sexto ano todo estudando muito.

Conta que ela e os amigos montaram um grupo para compartilharem experiências e informações e focavam juntos na preparação para as provas de residência.

E esse grupo de estudos foi de muita ajuda para todos, porque quando um deles estava desanimado, o resto do grupo o ajudava a recuperar o foco.

O método que escolheram para estudar também fez toda diferença na sua preparação, eles estudavam um conteúdo e depois resolviam provas antigas, isso porque naquela época, era mais difícil do que hoje ter acesso a esses materiais

E o resultado desse grupo de estudos foi que TODOS passaram na residência médica nas especialidades que escolheram. 

Ela conta também que a decisão de prestar residência em outro estado foi muito difícil.

Para ela, pessoalmente, seria bem mais fácil ficar no ES, pois era sua cidade natal, e ela poderia continuar morando com os pais.

Mas Flavia estava decidida a ter a melhor residência.

E sabia que para isso, precisaria se sacrificar um pouco. 



Hospitais escolhidos e as provas 

Quando chegou a época das provas, Flavia prestou 7:

  • Espírito Santo
  • USP SP
  • USP RP
  • Botucatu
  • Campinas
  • Escola Paulista da Medicina
  • Servidor Estadual

E adivinha, ela passou em todas!

Ela pôde escolher entre as universidades e optou pela USP RP.

Qual foi o segredo para conseguir ser aprovada em todas as provas que prestou?

Muito esforço, muita dedicação, muita disciplina: é assim que ela resume sua preparação.


Como ela avalia sua experiência na residência médica

O processo de residência foi fundamental tanto para a sua formação como também para sua carreira.

Ela conseguiu fazer a residência médica na universidade que sonhava, a USP RP, por ser uma das mais renomadas, e cursou a especialidade pela qual é apaixonada, sua residência durou 2 anos.

Quando ela pode escolher sua sub-especialidade, Flavia optou por reprodução humana e vídeo cirurgia, que foi onde prestou a R3.  

Depois disso, ainda teve a oportunidade de fazer um mestrado na área de endometriose, o que prolongou sua estadia na cidade de Ribeirão Preto SP.

Além de todo conhecimento e experiencia que seu processo de formação lhe deu, Flavia conta que a residência médica lhe trouxe um ótimo networking, e que isso foi primordial para iniciar sua carreira. 

Pelo ótimo empenho de Flavia durante sua formação, ela conta que uma professora teria que abandonar um consultório cheio de clientes, e para não encerrar o projeto de vez, essa professora deu a ela mais de 5 mil clientes, da pra acreditar? 

Apesar de ser algo inacreditável, ela conta que precisou ralar muito, mesmo com um grande leque de clientes, sua remuneração era muito baixa. 


Sua carreira depois da residência

Flavia passou por várias transições na carreira ao longo dos anos, e contou também como sua vida pessoal influenciou no seu posicionamento profissional. 

Por ser sua sub-especialidade, Flavia fazia muitas cesárias, e quando ela se submeteu ao processo em sua primeira gravidez, mudou completamente seu ponto de vista, levando ela de encontro com a Flavia que a muitos anos atras havia se apaixonado pela ginecologia. 

E foi ai que ela descobriu o parto humanizado, e 10 meses depois, teve a chance de viver ela mesma essa experiencia, em sua segunda gravidez. 

E novamente ela passou por uma mudança em sua carreira, sua experiencia foi tão boa, que ela decidiu voltar para a obstetrícia, que havia abandonado a alguns anos, e então decidiu se especializar em outra área da obstetrícia, o parto humanizado. 


E hoje?

Hoje, com quase 20 anos de carreira, Flavia se considera uma profissional de sucesso, trabalhando especificamente com parto humanizado, que é um nicho muito especializado.

Inclusive, ela é uma das pioneiras nacionais no tema, inclusive, conseguiu convencer muitos amigos a aderirem a essa técnica, criando uma rede de partos humanizados.

E conseguindo defender o parto humanizado, ela pode construir o Instituto Geração Mãe, uma clinica especializada que auxilia as mães antes do parto e da todo suporte durante ele. 

Flavia diz que trabalha na área que ela ama, e tem uma clientela que ela denomina como “muito especial”.

Ela finalmente conseguiu alcançar a remuneração que desejava. 

E fala também que esta colhendo tudo aquilo que ela plantou na preparação e durante a sua residência médica.

Mas calma, ainda tem mais, confira aqui a parte 2 dessa entrevista sensacional.


Esperamos que tenham gostado do conteúdo desse vídeo. E continuem ligados que vem muito mais conteúdo por ai!!

Se gostou deste artigo, fique ligado no próximo vídeo da série: [Vídeo 11] Marcio entrevista Dra. Flavia Maciel – Parte 2

 

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL